'Não sou treinador de olhar coisa errada e fechar os olhos', afirma Milton

20/03/2017 às 13h22 - FUTEBOL

Milton: "Nós temos que pensar em comprometimento, de direitos e deveres. Cada um tem uma forma de trabalhar. Sou próximo aos jogadores. Eles têm liberdades. Podem brincar no trabalho, mas não com o trabalho. Não existe desgaste, existe cobrança em cima de jogadores que não fazem isso. Não sou treinador de olhar coisa errada e fechar os olhos."

Fonte: GloboEsporte.com