Nenê: "A torcida está de parabéns, assim como o nosso time pela luta"

Em 09/10/2016 08:03
 

Se em Manaus ninguém ganha do Vascão, um dos grandes responsáveis é o meio-campo Nenê. Embora não tenha balançado as redes, como em outras vitórias do time, o camisa 10 foi decisivo na Arena da Amazônia. Foi dele o cruzamento que resultou no gol contra de Germano, que garantiu ao Cruzmaltino o placar de 1 a 0 sobre o Londrina e a sequência de três triunfos seguidos em solo amazonense somente nesta temporada. Antes, o Almirante bateu o Fluminense e o Flamengo.

Ovacionado após o apito final, o armador teve dificuldade para entrar no vestiário. Não faltaram pedidos para fotos e autógrafos. O assédio não se resumiu apenas ao palco do confronto com o Tubarão. Nos dias que antecederam o jogo, Nenê atendeu de forma paciente todos os seguidores vascaínos que faziam vigília na porta do hotel. Os três pontos, portanto, tiveram gostinho especial.

- É uma coisa gratificante e muito emocionante. Em Manaus sempre recebemos um apoio incondicional da torcida. Mesmo com a situação que estávamos passando, sem vitória e oscilando bastante, eles vieram e nos incentivaram bastante. Gostaria de agradecer de todo o coração. Não tem preço deixar o campo sendo aplaudido dessa forma. A torcida está de parabéns, assim como o nosso time pela luta. A vitória era importantíssima para nós - disse o meio-campista, que saiu de sunga do gramado após dar seu short de presente aos torcedores.

De volta ao time após cumprir suspensão diante do Paysandu, Nenê fez questão de elogiar a postura do grupo ao longo dos noventa minutos. O experiente jogador reconheceu que a atuação vascaína não foi das melhores, mas lembrou que o Gigante da Colina não enfrentou um rival qualquer. O Londrina é um dos postulantes ao acesso e iniciou a rodada ostentando uma invencibilidade de cinco jogos.

- Vencer era o nosso maior objetivo. Fazia algum tempo que nós não vencíamos. Chegamos até a perder a liderança. Isso mostra que a Série B não é fácil, muito pelo contrário, é um campeonato muito difícil. Sabíamos que não seria um jogo fácil, estávamos cientes das dificuldades, pois o Londrina veio muito confiante. Eles trabalharam muito bem taticamente, mas a vitória veio. Agora teremos mais confrontos diretos e queremos ganhar. Buscaremos recuperar o primeiro lugar o mais rápido possível - afirmou Nenê.

Contando com o talento do seu artilheiro, o Vasco retorna aos gramados apenas no sábado (15), dessa vez para encarar o CRB (AL) no Estádio de São Januário. O clube alagoano é outro time que briga pelo acesso à Série A. O Galo da Pajuçara, inclusive, foi uma das equipes mais elogiadas pelo treinador Jorginho em suas entrevistas coletivas. 

O técnico terá mais alguns dias para ajustar o time e espera o apoio da torcida para vencer no Caldeirão, uma das armas mais eficientes do Vasco desde a sua existência. 

Fonte: Site oficial do Vasco