Nenê é o 5º jogador que mais criou chances de gols no Brasileiro

04/12/2017 às 11h17 - FUTEBOL

Na última semana, o Palmeiras acertou a contratação do meia Lucas Lima. O jogador, que vestiu a camisa do Santos nas últimas quatro temporadas, chega ao clube ganhando cerca de R$ 600 mil por mês. Mas será que o rendimento do meia vale isso tudo?

Se Lucas Lima contribuiu com apenas um gol e seis assistências neste Brasileirão, o jogador tem outra estatística que pesa a seu favor. O novo jogador do Palmeiras foi o atleta que mais criou chances de gol no Brasileirão 2017, de acordo com o site de estatísticas Who Scored. Lucas Lima contribuiu com 82 assistências para finalização no Santos. Em média, o meia criou 3,3 chances de gol por jogo no Campeonato Brasileiro. Geralmente, os jogadores que mais criam chances são aqueles que cobram faltas laterais e escanteios. Dos dez primeiros da lista, Lucas Lima é o que menos deu assistências para finalização através de bolas paradas: apenas 35% de suas chances criadas vieram de escanteios ou faltas.

Em segundo lugar aparece Gustavo Scarpa. O meia do Fluminense criou 79 chances ao longo da competição. Apesar de ter dado apenas três passes para finalização a menos que Lucas Lima, o jovem tricolor precisou de 13 jogos a mais para chegar a tal número, obtendo uma média de 2,1 chances criadas por partida. Em terceiro lugar está o cruzeirense Thiago Neves, com 70 passes que resultaram em finalização e a mesma média de Scarpa.

O lateral Reinaldo (66) da Chapecoense é o quarto, seguido de perto pelo veterano Nenê (65). Fato curioso é que o meia do Vasco é o jogador que mais cria chances a partir de bolas paradas. Quase metade (46%) das assistências para finalização do camisa 10 vascaíno foram desta forma.

Em sexto lugar vem outro palmeirense: Dudu (57). O capitão palestrino foi seguido por dois jogadores do Flamengo. Éverton foi o sétimo (56), enquanto Éverton Ribeiro aparece em oitavo lugar (55). Ao contrário de Nenê, o camisa 7 flamenguista foi o jogador da lista que menos precisou de bolas paradas para criar oportunidades. Apenas 7% das chances criadas por Éverton Ribeiro vieram de faltas ou escanteios, ou seja, apenas quatro delas. Os gringos Cazares (54), do Atlético-MG, e Cueva (53), do São Paulo, completam a lista.

Veja os jogadores que mais criaram chances de gol no Brasileirão 2017:

1 – Lucas Lima (Santos) – 82

2 – Gustavo Scarpa (Fluminense) – 79

3 – Thiago Neves (Cruzeiro) – 70

4 – Reinaldo (Chapecoense) – 66

5 – Nenê (Vasco) – 65

6 – Dudu (Palmeiras) – 57

7 – Éverton (Flamengo) – 56

8 – Éverton Ribeiro (Flamengo) – 55

9 – Cazares (Atlético-MG) – 54

10 – Cueva (São Paulo) – 53

Fonte: Torcedores.com