Odebrecht pode reduzir valor fixo cobrado pelo uso do Maracanã

28/11/2017 às 08h22 - FUTEBOL

Flamengo e Vasco ainda nutrem esperança de uma classificação para a Libertadores de 2018. A Odebrecht também.

Mais do que isso.

A cúpula da construtora torce fervorosamente pelo sucesso da dupla por acreditar que os donos das duas maiores torcidas do Rio não terão como abrir mão do Maracanã nos jogos da Libertadores.

A Odebrecht está disposta, inclusive, a reduzir o valor fixo cobrado pelo uso do estádio – hoje, em cerca de 350 000 reais – aos clubes dispostos a assinar um contrato de um ano para mandar seus jogos no mais simbólica arena esportiva do país.

Fonte: Blog Radar Online - Veja.com