Olheiro do Vasco elogia trabalho de base do Clube Atlético Taboão da Serra

Em 06/01/2010 15:10
 

A Copa São Paulo de juniores está atraindo muitos olhares. Sua visibilidade possibilita a oportunidade de uma carreira no futebol profissional com uma possível vaga em um clube grande do Brasil. Nesta última Terça, 5, no estádio José Ferres, muitos dirigentes de clubes como Grêmio, Ponte Preta e Vasco estiveram presentes observando o futebol dos garotos e anotando suas qualidades.

Para o coordenador da categoria de base do clube A. A. Ponte Preta, Francisco Vigorito, foi uma surpresa a qualidade encontrada em alguns valores neste segundo dia de competição da Copa São Paulo de Juniores. “O nível dos jogadores para mim está surpreendendo”, comenta. Sua vinda para a cidade poderá trazer muitas parcerias.

Vigorito coloca que a Ponte Preta está aberta a possíveis acordos sobre garotos nascidos entre 1992 a 1994, que sejam destaque nesta copinha. “Hoje em dia funciona muito as parcerias entre clubes. Nós estamos entrando em contato com o clube do Taboão, para fazermos futuras parcerias. Estamos abrindo as portas para esses atletas nascidos em 92 a 94, que tenham bom nível. Assim que terminar a Taça, o jogador que nos interessar levaremos para o clube”, afirma.

Para o observador técnico do Vasco, Sidnei dos Santos, o Clube Atlético Taboão da Serra está iniciando um trabalho muito bom em sua categoria de base. “O Vasco está aberto a parcerias com clubes que vem fazendo um bom trabalho. Eu vim fazer esse intercâmbio. Espero que haja algum jogador no Cats que possa nos interessar e levaremos ao Vasco da Gama”, diz.