Oposição lança site 'A lista do Eurico'

30/10/2017 às 09h41 - POLÍTICA

Entre os sócios da chamada "lista do Eurico" que a oposição ao mandatário luta para tornar pública estão pelo menos três dirigentes da Federação de Futebol do Rio (Ferj). O presidente Rubens Lopes é um deles. Nas últimas eleições, em 2014, Rubinho fez questão de votar ao lado de Eurico. A oposição o acusa de ter feito campanha enquanto para o cartola vascaíno enquanto presidente da entidade. Ele nega. 

Os outros dois dirigentes da federação que constam da lista são Jorge Teixeira Cardoso e Plínio Clovis Jordão. 

A lista dos sócios aptos a votar nas eleições é motivo de polêmicas e acusações desde as últimas eleições do clube, quando Eurico conseguiu ser reconduzido ao poder. Alvo de disputas judiciais, os principais grupos de oposição acusam o presidente de promover associações em massa, fraudando os registros, no chamado "Mensalão". 

Fernando Horta, que foi vice de Eurico nas últimas eleições, é um dos principais opositores deste ano. O candidato montou um site http://www.alistadoeurico.com.br/ para expor as inconsistências do cadastro dos eleitores. 

Entre os problemas apontados, até sócios que já estariam mortos e torcedores de outros times do Rio. 

"Foram colocados 600 e pouco sócios em dia em um mês só. E esse dinheiro não passou na tesouraria. Então a gente sabe que são sócios do mensalão", disse Horta em entrevista ao jornal O Dia recentemente.

O Blog perguntou ao presidente da Ferj se ele se sente confortável em votar nas eleições do clube, pelo fato de ser presidente da Federação, e ele respondeu: 

"Esse período é normalmente propício a tipos de especulações, muitas sem fundamento, e não cabe a mim alimentar qualquer tipo de polêmica eleitoral. Não entro nas discussões ou problemas políticos dos clubes e repudio qualquer inserção do meu nome nos mesmos, com fins eleitoreiros, seja quem for. Após a eleição,  responderei tais questões", respondeu Rubens Lopes, por meio da assessoria. 

Plínio e Jorge, também retornaram: 

"Desconsidero qualquer insinuação do tipo, de lista de um ou de outro. Mas, sim, sou sócio proprietário do Vasco desde 19 de dezembro de 1983", afirmou Plínio.

"Estranho isso. Afinal, sou sócio proprietário ouro do Vasco há 30 anos", disse Jorge. 

Oposição se une 

Na manhã desta segunda-feira, a imprensa do Rio noticiou que os outros dois concorrentes de oposição a Eurico, Júlio Brant (que tenta a presidência desde as eleições passadas) e Alexandre Campello decidiram unir suas chapas para a disputa deste ano. 

A oficialização da chapa única deve ser feita até o fim do dia. 

Fonte: Blog da jornalista Gabriela Moreira - ESPN