Otto de Carvalho Júnior rebate crítica de Edmundo no Vasco

19/06/2017 às 17h28 - POLÍTICA
Foto: Paulo Fernandes/Vasco Otto de Carvalho Júnior
Otto de Carvalho Júnior

A língua afiada de Edmundo não ficou sem resposta no Vasco. Otto de Carvalho Júnior, presidente do Conselho Fiscal do clube, rebateu as críticas que recebeu do ex-jogador, de que não estaria reprovando as contas da atual gestão, o que colocaria sob suspeita sua posição como opositor de Eurico Miranda.

Otto de Carvalho Júnior foi citado pelo Animal na entrevista exclusiva que ele deu ao Globo na última sexta-feira, ao lado do candidato à presidência Julio Brant. Segundo o dirigente, foi deixado claro em reunião com Edmundo que quem reprova ou aprova as contas do clube é o Conselho Deliberativo e não o Conselho Fiscal e que, além disso, a presidência ainda não disponibilizou as contas para checagem, apesar de o balanço já ter sido publicado.

- Edmundo disse que o Conselho Fiscal, que presido, não reprova as contas da atual administração. Ocorre que, no referido encontro, foi-lhe explicado que o Conselho Fiscal depende que a Diretoria Administrativa apresente seu relatório final do ano de 2016. De posse dele, o Conselho Fiscal analisa e emite um parecer recomendando a aprovação ou reprovação das contas, medida essa que só pode ser tomada pelo Conselho Deliberativo, órgão responsável por sua votação - afirmou.

O presidente do Conselho Fiscal ainda ressaltou que mantém o diálogo aberto com todos os candidatos da oposição, de olho na eleição que deve acontecer em novembro.

- Surpreende ainda que, a despeito de estar acompanhado de um conselheiro (Julio Brant) durante a entrevista, Edmundo tenha incorrido em tal erro. Reafirmamos que nos interessa apenas o bem do Vasco, que estou aberto ao diálogo com todos os grupos de oposição, ressaltando que a minha candidatura está a serviço da instituição, em defesa dela, e lutando por eleições limpas e transparentes, conforme falado em nosso encontro - concluiu.

Fonte: Extra Online

Enquete

Quem você quer que seja o novo presidente do Vasco?