Para Henrique, ganhar da Chapecoense recuperará otimismo da equipe

22/04/2018 às 08h21 - FUTEBOL

A derrota por 4 a 0 para o Racing, na Argentina, pela Libertadores, bateu pesado no Vasco. O retorno ao Brasil foi amargo, mas o calendário não permite que o luto se prolongue. Para que a desconfiança aumente, o duelo com a Chapecoense, neste domingo, na Arena Condá, ganhou um tempero ainda mais importante. È a chance de tentar começar a provar que o "Time da Virada" existe.

O lateral-esquerdo Henrique acredita que uma vitória sobre a Chape seria ideal para criar novamente um ambiente de otimismo, até porque na próxima quinta tem jogo contra o Racing, desta vez em São Januário.

- Vencer é sempre bom, ainda mais um jogo complicado como esse. Elevaria nossa confiança até para o jogo contra o Racing. Ficamos insatisfeitos com o resultado na Argentina, mas temos que virar a chave. É uma outra competição, não podemos ficar presos. Pensar no Racing só depois. Senão não evoluimos - afirmou.

Contra a Chape, Zé Ricardo voltará a usar o esquema com dois volantes, ao contrário do que aconteceu na Argentina. Uma formação que o time já está mais acostumado.

- É uma base que temos desde o ano passado. Nos encontramos melhor nas posições. É um estilo de jogo. O Zé pensa várias alternativas, e isso é bom. Assim não ficamos previsíveis. Eles vão tentar nos pressionar, mas não podemos abandonar nosso estilo de jogo - finalizou Henrique.

O Vasco venceu o Galo na estreia e está no grupo dos times que somaram três pontos. Neste domingo, às 16h, na Arena Condá, a provável escalação para enfrentar a Chape é: Martín Siva, Rafael Galhardo, Paulão, Werley e Henrique; Desábato, Wellington, Pikachu, Wagner e Rildo; Andrés Ríos.

Fonte: Globoesporte.com