Paulinho deve ser a principal novidade de Zé Ricardo contra o Cruzeiro

03/04/2018 às 08h08 - FUTEBOL

Depois de duas partidas afastado da equipe titular, Paulinho deverá ser a principal novidade de Zé Ricardo no Vasco que enfrentará o Cruzeiro, amanhã, pela Libertadores. O jovem está recuperado das dores musculares que levaram à sua escalação no banco de reservas contra Fluminense e Botafogo. Retornará na fogueira, é verdade, mas com o extintor nas mãos.

Em Belo Horizonte, a equipe vascaína e Paulinho poderão encontrar o melhor cenário possível para jogar como gostam: em velocidade, nos contra-ataques. O Cruzeiro deverá pressionar atrás do gol no Mineirão, pois também perdeu na estreia no Grupo 5 da Libertadores. Com a disposição de propor o jogo, poderá dar brechas para as subidas do atacante pela esquerda. Certamente será uma das melhores armas dos cariocas.

Paulinho atravessa grande fase. Dos 38 gols marcados pelo Vasco na temporada, 25 saíram com ele em campo. O jogador participou diretamente de nove deles (marcou quatro vezes e deu cinco assistências). Quando joga, já concentra a atenção de marcadores e, invariavelmente, abre espaços para Wagner e Yago Pikachu. Ainda que não participe diretamente do lance, sua presença ajuda.

— Paulinho é um jogador de altíssimo nível. Percebo maturidade, equilíbrio, foco... É difícil ver em um garoto de 17 anos — enalteceu Zé Ricardo depois da vitória sobre o Botafogo, domingo. — É um dos nossos titulares, sem dúvida.

Alguém digno de tantos elogios também está suscetível a deslizes, como no lance do segundo gol do Botafogo — Paulinho errou um passe bobo no contra-ataque que originou o gol de Brenner. Por isso, e para que a estratégia de atuar nos contragolpes funcione, é preciso que o sistema defensivo do Vasco suporte a pressão que certamente será imposta pelo Cruzeiro em algum momento da partida.

Quando isso acontecer, será mais uma chance para Paulão se redimir das falhas recentes. Ano passado, quando o time de São Januário enfrentou os mineiros na penúltima rodada do Brasileirão, foi o zagueiro quem fez o gol da vitória sofrida em BH, deixando a vaga na Libertadores bem próxima.

Fonte: Agência O Globo