Paulinho fala sobre duelo contra a Ponte Preta e vaga na Libertadores

01/12/2017 às 15h35 - FUTEBOL

Segue a todo vapor a preparação vascaína para o decisivo confronto contra a Ponte Preta. Na manhã desta sexta-feira (01/12), os jogadores cruzmaltinos suaram a camisa no campo anexo do Complexo Esportivo de São Januário em atividades físicas, técnicas e táticas. Comandado pelo treinador Zé Ricardo, o treinamento foi de suma importância para a definição do substituto de Henrique, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Cruzeiro.

Na sétima colocação do Campeonato Brasileiro, o Gigante da Colina possui 53 pontos e necessita de uma vitória simples para carimbar o passaporte para a Taça Libertadores da América, competição que não disputa desde 2012. A partida contra a Macaca é considerada a mais importante do ano e para não fazer feio na despedida da temporada, o Almirante contará com o apoio vindo das arquibancadas. Mais de 19 mil ingressos já foram vendidos.

- A expectativa é a melhor possível. Estamos vindo numa crescente muito boa. Será um jogo em casa, com o apoio total da nossa torcida e valendo uma conquista que queremos muito, que é a classificação para a Libertadores. Então, vamos entrar com muita vontade e dedicação. Todos nós estamos concentrados. Esperamos fazer um grande jogo e sair de campo com o nosso objetivo atingido - afirmou o jovem Paulinho.

A Ponte Preta já está rebaixada para a Série B, mas isso não fará com que o Vasco da Gama entre em campo relaxado. Foi isso que garantiu o treinador Zé Ricardo em sua última entrevista coletiva antes da decisão. As palavras do comandante foram reforçadas pelo atacante Paulinho. O prata da casa pediu concentração total durante os 90 minutos do jogo contra o clube de Campinas.

- A concentração vai ser essencial. Como o estádio estará lotado, pode bater aquela ansiedade de fazer o gol logo. Temos que ter paciência e saber que ele sairá no momento certo. Dessa forma, com calma, iremos conquistar a vitória. Significará muita coisa para mim classificar o Vasco para a Libertadores, logo no meu primeiro ano como profissional. A temporada tem sido muito boa para mim, pois fui para a Seleção e voltei jogando pelo profissional. Quero fechar essa temporada com chave de ouro - concluiu o garoto vascaíno.

Fonte: Site Oficial do Vasco