Paulinho pode ser vendido ao Porto; Guilherme Costa têm propostas

12/01/2018 às 08h15 - FUTEBOL
Foto: Site Oficial do Vasco Paulinho
Paulinho

Os últimos atos de Eurico Miranda à frente do Vasco não devem se resumir às saídas, por mixaria, de Anderson Martins, Mateus Vital e Madson. O atual presidente planeja tirar todos os atletas do empresário Carlos Leite que têm mercado de São Januário. Todos, do profissional e da base. E o próximo pode ser Paulinho, maior promessa do clube.

O atacante de apenas 17 anos tem proposta do Porto, de Portugal, para ser adquirido agora e se transferir para a Europa em julho, quando já terá alcançado a maioridade. O risco de perder Paulinho causou desespero em Julio Brant, que tem tudo para se tornar presidente a partir da semana que vem.

Brant e seus aliados políticos estão convencidos de que Eurico está vendendo os jogadores de Carlos Leite de forma proposital. Primeiro, para enfraquecer o Vasco. Depois, para preservar o empresário, que é seu amigo pessoal, conselheiro do Vasco e que declarou abertamente seu voto em Eurico na eleição do ano passado.

Além de representar vários atletas da base e o quarteto já citado, Carlos Leite também é empresário do meia Guilherme Costa, que tem tudo para ser vendido ainda nesta sexta-feira. Ele tem propostas de cinco clubes brasileiros, entre eles América-MG, Bahia e Ceará.

Completam a lista de clientes do empresário no elenco profissional do Vasco o lateral-esquerdo Ramon, o zagueiro Breno, os volantes Wellington, Bruno Paulista e Marcelo Mattos, além do atacante Kelvin.

Se não bastasse vender os mais promissores do elenco, Eurico está assinando longos contratos com os atletas de Carlos Leite que parecem sem grande mercado. São os casos de Ramon, Breno e Wellington, que assinaram por três temporadas. Kelvin já havia estendido o vínculo por um ano, devido a uma contusão, assim como Marcelo Mattos, que não joga desde 2016.

Em abril, o Vasco devia pouco mais de R$ 20 mil a Carlos Leite, referentes a empréstimos. As vendas de Luan para o Palmeiras e Douglas para o Manchester City ajudaram a abater parte das pendências. A pressa do Vasco em decidir pelo futuro de alguns de seus atletas está diretamente ligado ao fato de o mandato de Eurico Miranda acabar na próxima terça-feira.

Caso de polícia: Julio Brant convocou uma entrevista coletiva para as 11h desta sexta-feira, possivelmente para protestar de forma pública em relação às vendas que enfraquecem o time às vésperas da estreia na Libertadores. Ainda há revolta no nível dos atletas que estão sendo contratados, como Rafael Galhardo, Henrique Almeida e Riascos.

O novo presidente vascaíno também cogita ir a uma delegacia de polícia para registrar notícia-crime sobre os áudios e fotos que recebeu em uma rede social dando conta de que objetos estão sendo retirados de São Januário por gente da atual administração.

OS JOGADORES DE CARLOS LEITE NO PROFISSIONAL DO VASCO:
– Anderson Martins (negociado com o São Paulo)
– Madson (a caminho do Grêmio)
– Mateus Vital (quase fechado com o Corinthians)
– Paulinho (tem proposta do Porto)
– Guilherme Costa (pode ser vendido nesta sexta)
– Breno (renovou por três anos)
– Wellington (renovou por três anos)
– Ramon (renovou por três anos)
– Marcelo Mattos (renovou por um ano)
– Kelvin (renovou por um ano)

Fonte: Blog do Jorge Nicola - Yahoo.com