Paulinho sobre gol: 'Uma hora vai sair'

22/11/2017 às 13h20 - FUTEBOL

Para chegar na última rodada, contra a Ponte Preta, em São Januário, em melhores condições de lutar por uma vaga na Libertadores, o Vasco precisa de um bom resultado no próximo domingo, contra o Cruzeiro, no Mineirão. O adversário, com a vaga garantida pelo título da Copa do Brasil, está em situação confortável, na quinta posição, e poderá ainda ser o fiel da balança para o seu rival Atlético-MG. Além do Vasco, o Galo encara o Botafogo, outro concorrente pela vaga.

Nem por isso o elenco e a comissão técnica do Vasco imaginam que terão uma missão tranquila contra o Cruzeiro. O atacante Paulinho avisou que o espírito da equipe será de jogar uma final de campeonato.

- Até pode facilitar (Cruzeiro decidir o destino do Galo), mas não é o que pensamos. Temos que pensar em fazer nosso jogo sem nos preocuparmos com isso. Independente do que o Vasco vem passando nos últimos anos, nosso objetivo sempre foi título, Libertadores...Vamos entrar com a faca entre os dentes nestes dois últimos jogos. O presidente também já disse que nosso objetivo é Libertadores - afirmou o jovem atacante.

Nas últimas partidas, principalmente contra o Galo, em São Januário, Paulinho teve algumas chances de fazer gol mas desperdiçou. Agora, ele espera caprichar mais e ajudar o Vasco. O momento não permite mais vacilos.

- Tudo questão de treino. O professor tem me apoiado. Uma hora vai sair. Nestes dois últimos dois jogos o gol vai sair. Acho que sou mais maduro hoje. No Mundial (sub-17) na Índia eu amadureci muito, fiquei bastante feliz com meu desempenho. Na volta já ganhei apoio, conquistei espaço com o Zé Ricardo para me firmar.

O Vasco é o nono colocado do Campeonato Brasileiro com 50 pontos. Fica atrás do Galo, que tem a mesma pontuação, apenas no saldo de gol. O Botafogo tem 52 pontos e está na sétima posição.

Fonte: GloboEsporte.com