Paulo Reis falou sobre Ato Trabalhista, escalações irregulares e Fabuloso

16/02/2017 às 18h49 - CLUBE

Paulo Reis sobre a suposta escalação irregular de Jean: "Quando há um problema, o departamento de registro consulta o jurídico. Como não me procuraram, estão confiantes no que foi feito. Não foi consultado de nada. Acho que não vamos ter problema. Minha preocupação é com o Ato Trabalhista."

Paulo Reis sobre a inscrição de Luis Fabiano: "
É fora da minha área. Não faço registro. Mas ele é inscrito e ficam pendentes alguns documentos para ele ter condição de jogo."

Paulo Reis: "Toda as ações em considero difíceis."

Paulo Reis: "É lamentável que uma pessoa faça isso com intuito político. Quer inviabilizar a vida do clube. Estamos tentando liquidar o passado. O Vasco fica sem condição de andar."

Pauli Reis: "... Será publicada ainda, e o Vasco tem o direito de apresentar recurso. Clube tentará efeito suspensivo para que o Ato fique válido até o julgamento final."

Paulo Reis sobre o Ato Trabalhista: "Há uma ação proposta por um membro da oposição do clube tentando cancelar o Ato. O processo tem andado, o Vasco já apresentou esclarecimentos. Diz que os clientes deles estariam sendo prejudicados. É uma grande mentira, porque os clientes não foram incluídos. Mesmo assim determinaram a suspensão do Ato do Vasco. Mas isso não é de imediato..."

Fonte: GloboEsporte.com

Enquete

Quem você quer que seja o novo presidente do Vasco?