Polícia é chamada em São Januário para retirar 1º VP Geral de sala

26/06/2018 às 18h13 - POLÍTICA

Uma confusão aconteceu nesta tarde de terça-feira (26) em São Januário, ​a​pós uma "guerra interna" entre o presidente do Conselho Deliberativo Roberto Monteiro e o presidente do Vasco Alexandre Campello. O 1º Vice-Presidente Geral Elói Ferreira de Araújo, que pela manifestação de Monteiro, seria o presidente na ausência de Campello, estava na antessala da presidência e um dos responsáveis pela segurança do clube ligou para a polícia para retirar Elói do local. Uma porta separava a antessala da sala de Alexandre Campello. 

Chegando lá, a polícia conversou com Elói Ferreira de Araújo e o 1º VP Geral explicou sua posição no clube. A PM entendeu que não deveria retirar Elói e, com isso, o responsável pela segurança e que chamou a polícia foi para a delegacia acompanhado de um benemérito do Vasco. Um advogado de Elói também foi. 

Alguns relatos também dizem que houve tentativa de entrada forçada na sala do presidente por parte de integrantes do grupo Identidade Vasco, comandado por Roberto Monteiro. Até um chaveiro para trocar a fechadura da sala da presidência pode ser chamado. Clima de tensão dentro do clube. 

Fonte: Twitter do jornalista Lucas Pedrosa - Esporte Interativo