Presidente do Vasco espera que culpados por confusão sejam punidos

Em 16/07/2017 18:37
 

Em entrevista coletiva após a partida entre Vasco e Santos, o presidente Eurico Miranda comentou sobre a confusão que aconteceu na partida entre Vasco e Flamengo, em São Januário.

Criticando a matéria publicada hoje pela Globo, o presidente afirma que o Vasco foi o primeiro a solicitar que fosse aberto um inquérito para apurar os fatos.

"O Vasco foi o primeiro a entrar na delegacia de polícia pedindo para abrir inquérito. Apresentando queixa-crime."

O presidente espera que o acontecimento seja devidamente apurado, esclarecido, e que os culpados sejam identificados e punidos. Sobre a identificação de torcedores punidos trabalhando no Vasco, Eurico questionou o motivo da PM não ter prendido os mesmos, se eles haviam sido identificados. Segundo ele, o Vasco não recebeu nenhuma notificação de quem pode ou não frequentar as partidas de futebol.