Raulino de Oliveira passa por melhorias estéticas para clássico

Em 03/04/2013 07:49
 

Sem grandes mudanças, precisa apenas de uma maquiagem. É desta forma que os responsáveis pelo Raulino de Oliveira estão preparando o estádio para receber o jogo entre Vasco e Botafogo, nesta noite. Na terça-feira, a reportagem do LANCE!Net visitou o local e acompanhou os preparativos finais para o clássico.

Apesar do “susto” pela escolha do Raulino, o responsável pela administração do estádio, Carlos Roberto Parente, o Betinho, diz que não foi necessária uma grande mobilização para receber o clássico.

– Nós estamos prontos para receber Vasco e Botafogo. Desde 2005 que recebemos clássicos brasileiros de grande porte. Nossa preocupação tem sido mais com a parte estética. Estamos trabalhando o visual, dando um trato, que é algo que já estava precisando – disse Betinho, responsável pela administração do estádio.

Nesta terça-feira, funcionários retocaram toda a pintura da arquibancada e trocaram cadeiras quebradas. Brevemente, o clube também vai recapear a pista no entorno do campo e pintá-la de azul, um pedido da TV.

O gramado também carece de cuidados. Ainda mais agora, com o aumento de partidas no local. Para isso, o clube decidiu impedir que os juniores fizessem as preliminares do profissional no Raulino.

Na parte estrutural, na semana passada, surgiu a notícia de que uma parte da arquibancada teria de ser interditada. Mas, segundo o responsável pelo Raulino, uma rachadura que foi verificada no local no início do ano não tem ligação com a estrutura. Segundo o responsável pelo estádio, a Ferj e um profissional do ramo já vistoriaram o local nos últimos dias e não viram a necessidade de qualquer interdição.

- Pedimos a um órgão da prefeitura no começo do ano um levantamento. Viram uma anomalia na arquibancada, mas tomamos nossas
providências. Trouxemos um engenheiro renomado que não viu a necessidade de interdição - garantiu Betinho.

A divisão do estádio será feita com barreiras móveis. Vascaínos vão entrar pelos acessos azul e amarelo, enquanto os alvinegros pelos acessos laranja e verde.

- Temos barreira removível. Então, podemos colocar, como é o acordo, 50% para cada clube de grande porte. Dá para dividir 90% por 10%. Depende do jogo - concluiu o administrador do Raulino.

últimas das colunas

todos os colunistas