Resende x Vasco, pela Copa do Brasil, deverá ser na Arena da Amazônia

Em 10/03/2014 22:08
 

A Arena da Amazônia, estádio de Manaus para a Copa do Mundo de Futebol, vai receber um jogo do Vasco no próximo mês. A partida será entre os times cariocas Vasco e Resende, em duelo válido pela Copa do Brasil de Futebol, no dia 3 de abril. De acordo com o diretor de futebol da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Ivan Guimarães, as negociações “estão bem adiantadas”. Fontes consultadas pelo Portal Amazônia afirmam que a realização da partida é dada como certa.

O jogo entre Resende e Vasco inicialmente estava marcado para o estádio Raulino de Oliveira, na cidade de Volta Redonda, no Rio de Janeiro. O mandante do jogo, o time Resende, não pode disputar a partida em sua casa (estádio Trabalhador) porque o local não suporta a capacidade mínima de público exigida para o torneio. Extraoficialmente, dirigentes dos dois clubes e representantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já chegaram a um acordo para que a partida seja realizada na Arena da Amazônia.

Procurada pela reportagem, a direção de competições da CBF reafirma que o jogo está marcado para Volta Redonda e não sabe de nenhuma alteração. Entretanto, a entidade deverá publicar a alteração do local do jogo em seu site oficial nos próximos dias. O diretor-geral do Vasco, Cristiano Koehler, também desconversa sobre a realização do jogo em Manaus. “Desconheço a possibilidade. Isso nunca foi tratado, pelo menos não na minha presença”.

O diretor de futebol da FAF, Ivan Guimarães, afirmou que o jogo deve mesmo acontecer em Manaus. “As negociações já estão bem adiantadas”, declarou. Ainda segundo ele, a partida do Vasco na Arena da Amazônia deverá ter capacidade máxima de público, já que todos os eventos-testes programados para o estádio deverão ter acontecido até lá.

O coordenador da Unidade Gestora da Copa (UGP Copa), Miguel Capobiango, adota uma postura cautelosa e se negou a confirmar a partida do Vasco em Manaus. "Estamos aguardando a posição da CBF. Existe uma conversa, o governador [Omar Aziz] gostou da ideia, mas ainda não está definido". Ainda segundo Capobiango, a consulta da UGP Copa para o jogo na Arena da Amazônia foi feita direto com a CBF e não com os clubes. Apesar do discurso cuidadoso, o Portal Amazônia apurou que a realização do jogo está garantida: a UGP Copa ainda não confirma por uma simples questão de formalidade, já que primeiramente espera a CBF oficializar publicamente o evento em Manaus.

O secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jérôme Valcke, visitou a Arena da Amazônia no último dia 16 de fevereiro. Na ocasião, o secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luís Fernandes, afirmou que o Vasco havia sido escolhido para realizar um dos jogos na Arena antes da Copa. À época, no entanto, a possibilidade não passava de um boato.

Vasco em Manaus

O Vasco disputou uma partida em Manaus no ano passado, também pela Copa do Brasil. O duelo foi contra o Nacional, time do Amazonas, e foi vencido pela equipe carioca por 2 a 0. A partida foi realizada no estádio Roberto Simonsen, no Clube do Trabalhador do Sesi, que possui capacidade para apenas 8 mil pessoas sem normas de conforto. Na ocasião, a demanda por ingressos foi intensa e houve confusão na entrada ao estádio no dia do jogo.

O custo mensal de manutenção da Arena da Amazônia é estimado em R$ 500 mil por mês. Discute-se a possibilidade de realizar grandes eventos no estádio para arcar com as despesas, o que seria o caso de um jogo do Vasco. De acordo com estudo realizado pelo Instituto de Pesquisas do Norte (Ipen) em 2012, um total de 23,4% das pessoas que acompanham futebol em Manaus torcem para o time cruzmaltino.

Eventos na Arena

O primeiro evento-teste da Arena da Amazônia aconteceu neste domingo (9), no empate em 2 a 2 entre Nacional e Remo pela Copa Verde. O próximo jogo no estádio de Manaus para a Copa será no próximo sábado (15), quando Fast e Princesa do Solimões enfrentam-se pela final do primeiro turno do Campeonato Amazonense de Futebol.

A Arena vai receber quatro jogos da Copa do Mundo, todos em junho: Itália x Inglaterra, Croácia x Camarões, Portugal x Estados Unidos e Suíça x Honduras.