Quem sai e quem fica no Vasco? Vote! clique aqui

Retorno do Judiciário definirá polêmica eleição do Vasco

08/01/2018 às 08h10 - POLÍTICA

O retorno do Poder Judiciário após o recesso das festas de fim de ano promete agitar dois dos principais clubes do Rio de Janeiro. Com os tribunais a todo o vapor a partir desta segunda-feira (8), são aguardadas definições sobre a polêmica eleição do Vasco e novidades sobre o processo que o meia Gustavo Scarpa move contra o Fluminense.

Em relação ao Cruzmaltino, um colegiado de desembargadores analisará o agravo de instrumento interposto por Eurico Miranda solicitando a reconsideração da decisão da desembargadora Marcia Ferreira Alvarenga, que anulou a urna 7 da eleição do clube e que, consequentemente, está dando momentaneamente a vitória no pleito ao candidato de oposição Julio Brant. O atual presidente vascaíno pede que seja suspenso o processo eleitoral e que se prorrogue seu mandato.

Também no Judiciário, o dirigente entrou com um mandado de segurança com as mesmas solicitações. Caso ele seja aceito, a decisão de anular a 7 é imediatamente suspensa e Eurico volta a ser o vencedor da eleição.

A Justiça ainda determinará de que forma o clube terá de proceder após o pleito no Conselho Deliberativo, que possivelmente acontecerá no dia 15 de janeiro. Leia-se: o judiciário definirá quem comandará o Vasco depois do dia 16, último do atual mandato de Eurico: o vencedor do pleito, um presidente interino ou Miranda até que a decisão final dos tribunais aconteça.

Fonte: UOL Esporte