Revelado no Vasco, Willen está de saída da Tailândia

23/11/2017 às 08h16 - FUTEBOL

Revelado junto com Philippe Coutinho no Vasco e com passagens pela Seleção sub-17 na mesma geração de Neymar, o atacante Willen está de saída da Tailândia, onde ficou nos últimos dois anos.

O brasileiro deixou o Prachuap FC, onde marcou 18 gols durante a última temporada do futebol asiático.

- Realmente estou de saída da Tailândia. Mas eu avalio que foram duas temporadas muito boas. Pude jogar, fazer gols. Durante as duas temporadas, eu marquei 38 gols. Foram duas temporadas marcantes na minha carreira, dentro e fora de campo - disse Willen, de 25 anos.

Willen anotou 18 gols pelo Prachuap FC (Foto: Reprodução/Instagram)

Willen chegou à Tailândia no início de 2016 para defender o Songkhla United. Agora, com a pretensão de respirar novos ares, possui sondagens de clubes de três países: Arábia Saudita, Suécia - onde já atuou em 2012, no Assyriska - e Coreia do Sul.

- Estão pintando umas situações. Uma para a Suécia, uma para a Coreia e outra para a Arábia Saudita. Creio que até o fim do mês eu já tenha resolvido. É sentar com calma, porque temos bastante tempo para ver o melhor caminho. Estou numa fase da carreira onde não posso errar - afirmou o jogador.

A carreira

Willen foi formado na base do Vasco, onde chegou aos 11 anos. Em 2009, estreou pelos profissionais aos 17 anos no mesmo jogo que Philippe Coutinho, no empate sem gols com o Duque de Caxias, pela Série B, em São Januário.

Naquel mesmo ano, participou da fraca campanha do Brasil no Mundial sub-17 na Nigéria. A Seleção acabou eliminada na primeira fase mesmo contando com Neymar, Philippe Coutinho, Alisson e Casemiro. Em entrevista recente ao GloboEsporte.com, Willen revelou que a a vaidade acabou prejudicando a equipe naquela competição.

Sem receber chances no Vasco, Willen acabou emprestado ao Portimonense, de Portugal, em 2013, e logo depois para Assyriska, da Suécia, e Bangu-RJ. Após ter o vínculo encerrado com o Cruz-Maltino, passou ainda por Avaí, Capivariano-SP e Portuguesa-SP, seu último clube no Brasil, em 2015.

Fonte: GloboEsporte.com