Ricardo Graça cobra concentração e eficiência no clássico de hoje

02/06/2018 às 10h14 - FUTEBOL

No futebol, assim como na vida, a oportunidade não avisa quando vai aparecer. E quando ela surge, não importa o momento, é preciso agarrá-la com unhas e dentes. Foi o que fez Ricardo Graça. Por diferentes motivos, Breno, Paulão e Werley desfalcaram o Vasco da Gama nas últimas semanas. Sem poder contar com os mais experientes, o treinador Zé Ricardo apostou suas fichas no jovem defensor.

Foto: Globo esporteRicardo graça
Ricardo graça

Mesmo estando sem atuar desde a final do Campeonato Carioca, o prata da casa não se intimidou e fez boas apresentações contra Bahia e Paraná Clube, respectivamente. Diante do Tricolor Baiano, apesar da derrota pelo placar de 3 a 0, Ricardo deixou o gramado sendo considerado um dos melhores jogadores da partida. O mesmo aconteceu na última quarta (30/05), quando a defesa não foi vazada em São Januário.

- Grupo é isso. Quando alguém não pode atuar por algum motivo, outro precisa entrar para suprir a ausência e ajudar o time a conquistar bons resultados. O Breno e o Werley são grandes jogadores, torço para que eles retornem logo, mas vou dar o meu melhor e honrar a camisa do Vasco enquanto isso não acontece. Me dediquei bastante nos treinamentos para ter uma oportunidade. Agora que ela surgiu, não quero desperdiçá-la - afirmou o camisa 14.

Querendo manter o nível de atuações para seguir entre os titulares, Ricardo entrará em campo mais uma vez neste sábado (02/06). Pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, às 19 horas, o Vasco irá encarar o Botafogo no Estádio de São Januário. Um triunfo diante do Alvinegro fará com que o Gigante da Colina se mantenha próximo das primeiras colocações do mais importante torneio nacional.

- A nossa postura tem que ser a de propor o jogo. Iremos jogar dentro da nossa casa e precisamos valer o nosso mando de campo. O Botafogo tem uma equipe perigosa e que é muito forte nas bolas paradas. Precisamos ter bastante atenção nas bolas que eles colocarem na nossa área. Outra coisa que trabalhamos para melhorar foi a nossa finalização. No último jogo, apesar de termos criados várias chances, não tivemos competência para definir - disse o jovem.

Fonte: Site oficial do Vasco