Roberto Monteiro será o candidato à presidência do Conselho Deliberativo

30/10/2017 às 21h23 - POLÍTICA

A tão falada união foi, enfim, oficializada. Em evento na Tijuca na noite desta segunda-feira, dois candidatos de oposição à presidência do Vasco confirmaram a união de suas chapas. Alexandre Campello abriu mão de sua campanha para apoiar Julio Brant na disputa contra Eurico Miranda, Fernando Horta e Antonio Fernandese.

A nova chapa se chamará "Sempre Vasco Livre", uma junção das duas correntes: "Sempre Vasco", de Brant, e "Frente Vasco Livre", de Campello. Os grupos conversavam há meses, negociando a união.

Campello será o primeiro vice-presidente geral na chapa de Brant, com Nelson Sendas como segundo. Roberto Monteiro, que terminou em 3º lugar na eleição de 2014 pelo "Identidade Vasco", será o candidato à presidência do Conselho Deliberativo. A proposta das chapas é dividir o número de conselheiros, com 60 cadeiras para cada lado - entre os 120 eleitos. No caso, claro, de vitória da chapa formada por Brant e Campello.

Além da presidência do Deliberativo, a "Frente Vasco Livre" deve ocupar algumas vice-presidências. Fred Lopes, ex-vice de patrimônio, ocuparia o mesmo cargo em caso de vitória de Brant. O futebol, que chegou a ser cogitado para Monteiro, ficaria com a "Sempre Vasco".

Fonte: GloboEsporte.com