Sem acordo, Henríquez continuará no Sport

04/07/2018 às 20h55 - FUTEBOL

Henríquez e Sport tinham uma negociação bem encaminhada para uma rescisão contratual amigável. Mas melou. O zagueiro e clube rubro-negro não chegaram a um acordo e, inclusive, o jogador, que não treinou nos dois últimos dias, é aguardado no centro de treinamento nesta quinta-feira para retomar os trabalhos com todo elenco. O Vasco, clube interessado no defensor, aguarda o desfecho da negociação que ocorre entre ele e o Leão. 

- Não chegamos a um acordo com Henríquez e, pelo menos por ora, até que aja alguma outra oferta, ele segue no clube. Inclusive, vai treinar amanhã (quinta-feira) com todo mundo - disse Klauss Câmara, executivo de futebol do Sport. 

Segundo informações apuradas pelo GloboEsporte.com, o Vasco procurou Henríquez para assinar um contrato até o fim de 2019, mas deixou claro que o defensor teria de assinar com o clube sem custos. O zagueiro procurou o Sport e ouviu dele que a oferta seria de um clube de fora do país. O colombiano teria de abrir mão dos valores que tem a receber e inclusive uma dívida que recai sobre direitos de imagem ainda não pagos. Tudo encaminhado. Mas aí a negociação desandou. 

O Sport teria ficado sabendo através da imprensa que o Vasco procurou Henríquez querendo que o jogador rescindisse com o Leão para poder se transferir sem custos. Internamente, a avaliação da diretoria leonina é que a maneira que o jogador conduziu tudo não pegou bem. Até porque, em nenhum momento o clube carioca teria procurado os pernambucanos. Hoje, a diretoria aceita liberar Henríquez, mas desde que seja para um clube de fora do país. E não um concorrente direto na Série A. 

- Inclusive, me perguntaram se a negociação com o Vasco tinha melado. Mas o Sport não sabe de negociação com o Vasco, o Vasco nunca nos procurou. Se existe uma negociação do jogador com o Vasco, é uma situação que nós não podemos controlar - completou Klauss. 

Henríquez chegou ao Sport em 2016 e tem 63 jogos disputados com a camisa rubro-negra. Mas, nesta temporada, é apenas a quinta opção para a zaga, atrás de Ernando, Ronaldo Alves, Léo Ortiz e Durval. Max e Adryelson são os outros zagueiros do elenco. O colombiano não atua pelo clube desde o dia 15 de fevereiro, quando o Leão foi eliminado na segunda fase da Copa do Brasil, diante do Ferroviário-CE.

Foto: Reprodução internet henriquez
henriquez

Fonte: Globoesporte.com