Sub-11 arranca empate do Flamengo na Gávea pelo Metropolitano

20/11/2017 às 21h05 - OUTROS ESPORTES
Foto: Carlos Gregório Jr/VascoIgor e Nícollas comemoram gol de empate no minuto final
Igor e Nícollas comemoram gol de empate no minuto final

Em uma partida bastante movimentada, Vasco e Flamengo empataram na tarde desta segunda-feira (20/11) pelo Campeonato Metropolitano sub-12. Disputado no Estádio da Gávea, o Clássico de Milhões foi válido pela semifinal da importante competição estadual. O Rubro-Negro abriu o placar com Fábio, aos 25 do segundo tempo, mas o Gigante da Colina demonstrou bravura e empatou no minuto final, com Nícollas.

A vaga para a grande final do torneio será decidida no próximo fim de semana, provavelmente no Estádio de São Januário. Equipe de melhor rendimento na fase de classificação, o Gigante da Colina precisa de uma vitória simples para manter vivo o sonho do segundo título consecutivo. Em 13 partidas no Metropolitano, o Cruzmaltino obteve 12 vitórias, um empate e nenhuma derrota.

O JOGO

Mesmo atuando longe de seus domínios, o Vasco tomou a iniciativa e levou perigo logo aos dois minutos. Rayan Vitor lançou, Paulo Roberto se livrou da marcação e finalizou com perigo. Pouco tempo depois, a dupla voltou a infernizar a defesa flamenguista. Após receber de Rayan, Paulo Roberto escapou pela direita e rolou para trás, de onde o camisa 10 acabou chutando para fora.

O Flamengo cresceu na metade final do primeiro tempo e chegou com bastante perigo através de jogadas pelos flancos, em especial pelo lado direito, com Fábio. Os donos da casa chegaram a acertar a trave cruzmaltina, porém não conseguiram vencer o goleiro Gabriel Caldeira. O Gigante ainda teve uma boa chance na etapa inicial. Paulo Roberto ficou cara a cara com o arqueiro, mas não obteve êxito no arremate.

No segundo tempo, até mesmo por se tratar de uma partida eliminatória, as equipes se tornaram mais precavidas. Raras foram as chances de gols nos 15 primeiros minutos. Com 17, Rayan fez a bola tirar tinta da trave em cobrança de falta. Logo em seguida, aos 19, Rayan deixou Lucas Louback na cara do gol, mas o goleiro do Flamengo saiu nos pés do atacante vascaíno para evitar o tento.

Apostando nos contra-ataques, o Rubro-Negro foi feliz aos 25 minutos. A defesa afastou o perigo depois de uma cobrança de falta vascaína e a bola caiu nos pés de Fábio. O camisa 11 avançou pela direita e tocou na saída de Gabriel, abrindo assim o placar: Flamengo 1 x 0. O Vasco não desistiu, muito pelo contrário, lutou até o fim em busca do gol e foi recompensado no minuto final, quando Caio cobrou falta, Igor cabeceou no travessão e Nícollas aproveitou o rebote: VASCO 1 x 1.

Escalação do Vasco: Gabriel Caldeira, Pedro Henrique, Wanyson, Igor e Guilherme (Anderson); Riquelme (Caio), João Vitor (Lucas Louback) e Matheus Ferreira; Rayan Vitor, Kauã Velon (Nícollas) e Paulo Roberto. Treinador: Eduardo Júnior.

Fonte: Site Oficial do Vasco