Sub-11: Vasco vence a Portuguesa

16/11/2017 às 08h42 - CATEGORIAS DE BASE

Dono da melhor campanha do Campeonato Metropolitano, o Sub-11 do Vasco fez uma nova vítima na manhã desta quarta-feira (15/11). Jogando no CT Almirante Heleno Nunes, em Duque de Caxias (RJ), o Cruzmaltino bateu a Portuguesa por 4 a 1 e se garantiu nas semifinais da importante competição nacional. 

Os gols da vitória do Gigante da Colina foram marcados por Paulo Roberto e Kauã Velon. O próximo compromisso do Pré-Mirim no Metropolitano será o clássico contra o Flamengo. A primeira partida da semifinal será disputada na segunda-feira (20), às 14 horas, na Gávea.

O JOGO

Apesar do favoritismo, o Sub-11 não iniciou a partida apresentando o futebol que todos acostumaram a ver ao longo do Metropolitano. Disperso, o time dirigido pelo treinador Eduardo Júnior foi surpreendido aos três minutos, quando a Portuguesa encaixou um rápido contra-ataque e abriu o placar: Portuguesa 1 x 0. O tento do adversário ligou o sinal de alerta e o Cruzmaltino passou a se fazer mais presente no ataque. A primeira chance foi com Paulo Roberto, aos seis. Logo em seguida, aos nove, veio o empate. Rayan fez grande jogada pela direita e cruzou na medida para Paulo Roberto, que dessa vez na desperdiçou: VASCO 1 x 1.


Paulo Roberto voltou a balançar as redes para o Gigante da Colina

Mesmo abaixo do seu nível de apresentações, em virtude, principalmente, dos inúmeros erros de passe na ligação entre meio e ataque, o Gigante da Colina seguiu sendo mais perigoso. Com 11 minutos, Kauã Velon apareceu na cara do gol, mas finalizou em cima do goleiro. O camisa 1 da Portuguesa apareceu outra vez aos 17, dessa vez para defender de forma espetacular uma cobrança de falta de Rayan. Após uma série de tentativas, o Vasco assumiu a dianteira do marcador aos 22, quando Kauã Velon aproveitou sobra de uma finalização de Paulo Roberto: VASCO 2 x 1.  Antes da etapa inicial acabar, o Almirante levou perigo com Rayan.

O Cruzmaltino retornou do intervalo com três mudanças logo de cara. Anderson, Caio e Louback entraram nos lugares de Wanyson, Riquelme e João Vitor, respectivamente. O ritmo da partida, porém, seguiu o mesmo do primeiro tempo. Quem assustou primeiro no tempo final foi a Portuguesa. O Gigante da Colina cresceu após os seis minutos e criou inúmeras oportunidades, em especial com Louback e Rayan. As oportunidades cruzmaltinas só não se transformaram em gols devido a boa participação do goleiro da Lusa Carioca, que fez pelo menos três grandes intervenções ao longo de todo o segundo tempo.

Escalação do Vasco: Gabriel Caldeira, Pedro Henrique, Igor, Wanyson (Anderson) e Guilherme; Riquelme (Caio), João Vitor (Louback) e Matheus Ferreira; Rayan Vitor, Kauã Velon (Nícollas) e Paulo Roberto (Lucas Noronha). Treinador: Eduardo Júnior.

Fonte: Site oficial do Vasco