Thiago Galhardo sai em defesa de Evander

03/05/2018 às 08h13 - FUTEBOL

O pós-jogo da goleada por 4 a 0 para o Cruzeiro em São Januário (veja os melhores momentos no vídeo acima) foi marcado por reclamações dos jogadores do Vasco sobre o árbitro Anderson Daronco e por alegações de que o placar elástico foi injusto. Werley, na zona mista, e Thiago Galhardo, em entrevista coletiva, falaram com a imprensa depois da eliminação.

O zagueiro detonou as decisões de Daronco, alegando ter sofrido falta de Sassá no quatro gol cruzeirense.

- Hoje, no primeiro gol tinha quatro impedidos. No outro, o Sassá me empurra. Conhecemos o Daronco. Ele erra e continua apitando jogos grandes. No ano passado, errou contra o Coxa também. Estávamos até bem antes do primeiro gol.

- A bola foi lançada. Eu tomei à frente do Sassá e tomei o tranco. O Daronco falou para o Wellington que eu joguei ele contra a torcida no ano passado, num jogo contra o Atlético. Ele disse que foi falta e que não ia marcar em mim. Falou pro Wellington - relatou Werley.

Thiago Galhardo, que esteve ao lado de Zé Ricardo na entrevista em São Januário, saiu em defesa ao colega Evander, vaiado ao sair da partida. Ele ainda concordou que o Vasco foi prejudicado pela arbitragem.

- Acho injusto, a gente vem treinando bastante. Evander saiu com lesão, acho que pegaram pesado com ele. Somos profissionais para saber quando estamos num mau momento. Omissão aqui não teve e nunca vai ter.

- Resultado não condiz com o que foi o jogo. Bola na trave, Fabio pegando... E eles vão lá, chutam e é gol. O juiz afetou diretamente o jogo. Estávamos bem no jogo, com posse de bola. Você tomar gol em que estão quatro jogadores impedidos, complica. Vai falar, questionar, e não vai adiantar de nada. Temos que aceitar os erros, infelizmente - completou.

O Vasco volta a campo no próximo sábado, também em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. O adversário é o América-MG, às 19h, pela quarta rodada da competição. Eliminado da Libertadores, o time torce contra a Universidad de Chile nesta quinta para ainda sonhar com uma classificação para a Copa Sul-Americana.

Fonte: GloboEsporte.com