Torcedores ficam na bronca com Zé Ricardo por conta de Wellington

16/04/2018 às 08h02 - FUTEBOL

Zé Ricardo surgiu no Flamengo como um técnico bastante promissor. Mesmo com pouco tempo de carreira, é visível que o profissional não se deixa levar pela pressão externa e se mantém fiel a sua forma de trabalhar e seus jogadores. No Rubro-negro, ficou conhecido por manter Márcio Araújo entre os titulares mesmo com o volante tendo alto índice de rejeição entre os torcedores.

Em novo bom trabalho no Vasco, o treinador se vê em situação semelhante. Durante a vitória por 2 a 1 contra o Atlético-MG, os torcedores vaiaram Wellington após o jogador cometer alguns erros. A paciência com o volante é curta há algumas partidas, mas Zé Ricardo segue firme em suas convicções. Assim como ocorreu com Márcio Araújo, o comandante saí em defesa do seu atleta.

"Eu discordo quando falam que Wellington não está atravessando bom momento. Ele tem outras funções mais defensivas, de auxílio ao Desábato para os laterais atuarem mais avançados, e também para surgir na área", disse o tranquilo e convicto Zé Ricardo após vitória sobre o Atlético-MG, no último domingo, em São Januário.

Eu reclamo não é por querer o pior do Vasco. Tá na cara que Zé Ricardo tem uma panela que insiste em manter por teimosia. Hoje time jogo com menos dois jogadores tendo Wellington e Riascos no jogo.

Olha o time do segundo tempo sem eles em campo! Viramos, outra atitude!

— Andy Allah (@AndyAllah) 15 de abril de 2018
Queria saber qual o problema do Zé Ricardo com os Brunos do elenco. Eu duvido que Bruno Silva, Paulista e Cosendey são piores que Wellington.

— Um Vascaíno Louco (@UmVascainoLouco) 15 de abril de 2018
Zé Ricardo: 'Discordo quando falam que Wellington não está atravessando bom momento'

ME AJUDA A TE AJUDAR,

ZÉEEEEEE

— PAULINHO M1LGR4U ?? (@paulin_m1lgr4u) 15 de abril de 2018
Apesar das convicções, Zé Ricardo substituiu Wellington no decorrer do segundo tempo. Optou pela entrada de Thiago Galhardo para tentar dar mais ofensividade e reverter a derrota parcial. A decisão se mostrou acertada já que o Vasco cresceu em campo e conseguiu a virada com gols de Wagner e Yaho Pikachu, de pênalti.

E a substituição de Wellington se justificou. Além de ser desarmado em duas oportunidades por falta de atenção, o volante terminou a sua participação com dois passes errados e nenhum desarme. As roubadas de bola são fundamentais para jogadores da posição.

Fica a lição, Zé Ricardo. Galhardo e Wellington não mais.

— Ramon Mitchell (@rcm021) 15 de abril de 2018
Acertou Zé Ricardo!

Wellington não roubou NENHUM bola no jogo

Como volante não rouba bola!???

— #FORACAMPELLO (@vm_roma) 15 de abril de 2018
Com três pontos, o Vasco volta a campo no domingo, quando visitará a Chapecoense, na Arena Condá, em Santa Catarina.

Fonte: UOL Esporte