Vasco ainda treina na manhã desta terça antes de embarcar para Minas Gerais

02/04/2018 às 13h32 - FUTEBOL

Aos 47 minutos do segundo tempo, Andrés Ríos acertou um belo chute e decretou a vitória do Vasco por 3 a 2 sobre o Botafogo, domingo, no Nilton Santos, no primeiro jogo da final do Carioca. O atacante explicou que sua comemoração (assista no vídeo abaixo) foi para demonstrar sua raça, e disse que em seu país, a Argentina, este gesto é comum.

Gol do Vasco! Andrés Rios pega bonito e faz o gol da vitória aos 48 do 2º tempo

A vitória, mais uma conseguida com um gol nos minutos finais, dá ao Vasco a vantagem do empate na partida de volta, no próximo domingo, no Maracanã.

- A verdade é que é por causa da raça, né. Dos colhões, como falamos na Argentina. Lá é uma coisa muito normal, não tem nada de provocação ao Botafogo, e muito menos aos torcedores do Vasco. É só isso. Me disseram (que Loco Abreu já tinha comemorado assim contra o Vasco). Às vezes acontece do outro lado - disse Ríos.

Com o gol marcado contra o Bota, Ríos chegou a cinco no ano. No Vasco, só não marcou mais do que Pikachu, artilheiro do time na temporada com sete gols. O argentino é muito cobrado por finalizar mais, e, perguntado se passou a ser mais "fominha", respondeu assim:

- Na hora certa tem que chutar. Na hora certa tem que procurar o companheiro melhor posicionado. Encontrar o equilíbrio e decidir com inteligência. Assim o Vasco que se beneficia - disse.

Andrés Ríos coletiva Vasco (Foto: Fred Huber/GloboEsporte.com)

Nesta quarta, o Vasco volta a jogar pela Libertadores. O adversário será o Cruzeiro, no Mineirão. Ríos lembrou que os dois times perderam na primeira rodada e vão atuar pressionados.

- Eu gosto muito da Libertadores, é uma competição em que temos que dar tudo, é a mais importante. Será um jogo difícil, assim como todos. Eles tiveram uma derrota na Argentina e vão tentar de tudo para conseguir a vitória. Mas nós vamos em busca dos três pontos também - finalizou.

O Vasco ainda treina na manhã desta terça antes de embarcar para Minas Gerais. O meia Giovanni Augusto, que deixou o jogo contra o Botafogo com um problema na coxa esquerda, se reapresentou nesta segunda com menos dores. Ele ainda fará um exame de imagem para saber se ficará à disposição do técnico Zé Ricardo.

Fonte: GloboEsporte.com