Vasco aposta em vantagem histórica para bater o Jorge Wilstermann

21/02/2018 às 12h15 - FUTEBOL

A goleada aplicada pelo Vasco por 4 a 0 no jogo de ida da terceira fase da Copa Libertadores, em São Januário (RJ), dificultou e muito a vida do Jorge Wilstermann. Para os bolivianos obterem a classificação terão que construir um placar inédito na história cruzmaltina. Nunca, em todas as participações dos cariocas na competição, o time foi derrotado por mais de três gols de diferença.

A maior derrota sofrida pelo Vasco no torneio sul-americano foi em 2001, por 3 a 0, para o Boca Juniors (ARG). No total, desde 1975, o clube tem 67 jogos com 29 vitórias, 21 empates e 17 derrotas.

Caso o Jorge Wilstermann devolva o placar e vença por 4 a 0, a decisão em Sucre (BOL) vai para os pênaltis.

Como parte da estratégia para minimizar os efeitos da altitude de 2.800 metros, o Vasco levou em suas bagagens cilindros de oxigênio e um aparelho para umidificar o ar no vestiário do estádio. O time, porém, desembarcou antes em Santa Cruz de La Sierra, que fica quase no nível do mar, onde treinou na última segunda e terça. A delegação viaja para o local da partida somente nesta quarta.

"Iremos chegar a Sucre apenas no dia do jogo. Estudos mais recentes mostram que os efeitos são menores quando se adota essa estratégia", declarou ao site oficial do Vasco o preparador físico Ricardo Henriques.

Entre os 25 inscritos pelo clube nesta fase da Libertadores, apenas 11 já jogaram na altitude. São eles: Martín Silva, Erazo, Desábato, Andrés Ríos, Riascos, Paulão, Werley, Fabrício, Wellington, Wagner e Thiago Galhardo.

Erazo suspenso

Na manhã desta terça-feira (20), o clube foi comunicado de que o zagueiro Erazo foi suspenso em duas partidas pela expulsão diante da Universidad de Chile (CHI), na segunda fase da competição. O equatoriano, que está com a delegação na Bolívia, já havia cumprido uma, contra o próprio Jorge Wilstermann (BOL), no jogo de ida, e agora não poderá mais enfrentar os bolivianos novamente nesta quarta.

Promoção de ingressos

A diretoria do Jorge Wilstermann promoveu uma promoção de ingressos para tentar encher o estádio em Sucre contra o Vasco. A cada um ingresso comprado pelo torcedor, ele recebe dois.

Pirulito deve jogar

O zagueiro brasileiro Alex Silva, o Pirulito, que era dúvida após sentir uma lesão na coxa direita no jogo em São Januário, deve ir para o sacrifício. O jogador, com passagens por Flamengo, São Paulo e seleção brasileira, não se dá por vencido.

"Enquanto o coração bater dentro do peito, teremos esperança. Estamos vivos, não podemos desistir", disse ao site "SoyAviador".

JORGE WILSTERMANN X VASCO
Local: Pátria de Sucre, Sucre (BOL)
Hora: 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Auxiliares: Alexander Guzman (COL) e Cristian de la Cruz (COL)

Jorge Wilstermann
Giménez; Meleán, Zenteno, Alex Silva (Díaz) e Aponte; Cristhian Machado e Saucedo; Bergese, Cristian?Chávez e Serginho; Gilbert Álvarez
Técnico: Álvaro Peña

Vasco
Martín Silva, Yago Pikachu, Ricardo, Paulão e Henrique; Desábato, Wellington, Wagner, Evander e Paulinho; Andrés Rios
Técnico: Zé Ricardo

Fonte: UOL Esporte