Vasco já encarou São Paulo 115 vezes: 40 vitórias, 34 empates e 41 derrotas

12/11/2017 às 12h02 - FUTEBOL

Com chances de encerrar a rodada no almejado grupo de classificados para a Taça Libertadores de 2018, o Vasco da Gama entra em campo neste domingo (12/11), às 17 horas, para encarar o São Paulo. A partida será realizada no Estádio de São Januário, onde o time cruzmaltino não atua com o apoio de sua torcida desde o clássico contra o Flamengo, disputado ainda no mês de julho. O duelo será transmitido pela TV Globo e o Canal Premiere. 

Invicto há nove partidas no Campeonato Brasileiro, o Gigante da Colina mede forças com o Tricolor com uma equipe diferente em relação ao confronto contra o Santos, disputado na última quarta (08). O zagueiro Breno e o volante Wellington pertencem ao clube paulista e não poderão atuar em virtude de uma cláusula no contrato. Outro que não foi relacionado para o jogo foi o atacante Luis Fabiano, um dos artilheiros vascaínos na competição. 

Como Martín Silva ainda está com a Seleção Uruguaia, a camisa 1 deverá ser utilizada mais uma vez pelo jovem Gabriel Félix. Na lateral-direita, Madson retorna de suspensão e reassume a vaga. Jomar, Lucas Rocha, Rafael Marques e Ricardo disputam o posto de companheiro de Paulão na zaga, enquanto Henrique segue como substituto de Ramon na esquerda. No meio, Andrey, Bruno Paulista, Cosendey, Evander e Gilberto são opções para o lugar de Wellington. 

- É um adversário difícil e direto na briga por uma vaga na Libertadores. Há poucas rodadas eles estavam na parte inferior da tabela, mas se trata de um time com jogadores de muita qualidade e que vai querer tirar pontos da nossa equipe em São Januário. Temos que ter muito cuidado. Será uma partida complicada, mas mostramos a verdadeira cara do Vasco contra o Santos e vamos procurar manter aquele nível de atuação na partida de hoje para conseguir a vitória e, quem sabe, entrar no G7 - afirmou Yago Pikachu. 

Em ascensão no Campeonato Brasileiro, o São Paulo vem de um empate em casa contra a Chapecoense, porém ostenta uma invencibilidade de quatro jogos. O time comandado por Dorival Júnior terá o desfalque de Cueva, convocado para a Seleção do Peru. O substituto será o jovem Shaylon, cria das divisões de base do Tricolor. Outra novidade é o retorno de Éder Militão, que se recuperou de um estiramento e reassumirá o posto de titular na lateral-direita. 

Vasco e São Paulo já se enfrentaram 115 vezes ao longo da história, com 41 vitórias do Tricolor, 40 triunfos do Gigante da Colina e 34 empates. O confronto mais importante aconteceu na temporada de 1989, quando as equipes foram finalistas do Brasileirão, Na ocasião, com gol de Sorato, o Cruzmaltino bateu o adversário por 1 a 0, em pleno Morumbi, e levantou o troféu mais importante do país pela segunda vez. 

Outro duelo emblemático aconteceu em 2001, dessa vez em São Januário. Com show de Romário, o Vasco venceu por 7 a 1, estabelecendo a pior derrota da história do São Paulo em Campeonatos Brasileiros. A partida de logo mais será apitada por Leandro Vuaden, árbitro Fifa do Rio Grande do Sul. O profissional será auxiliado por José Eduardo Calza (RS) e Mauro Coelho Silva Penna (RS). 

Fonte: Site oficial do Vasco