Vasco não terá tempo para saborear vitória contra o Botafogo

02/04/2018 às 08h06 - FUTEBOL

O tempo do Vasco para saborear a vitória na primeira partida da final do Estadual é curto. Zé Ricardo, em meio à alegria pelo resultado no Nilton Santos, já se preocupa com a partida de quarta-feira, contra o Cruzeiro, pela Libertadores. Nesta segunda, começa os treinos para o jogo e a avaliação de quem está menos desgatado para o desafio em Belo Horizonte.

A derrota da Raposa para o Atlético-MG, no primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro, por 3 a 1, não muda a opinião de Zé Ricardo a respeito do nível do adversário.

— É muito difícil jogar no Mineirão. O Cruzeiro tem um grande time, um grande treinador, com um dos melhores elencos do futebol brasileiro — destacou o técnico: — Mas o Vasco vai com muita humildade atrás de um resultado positivo. Temos nossa tradição, nossa camisa, nossa torcida.

Para o jogo, Giovanni Augusto já é dúvida. O meia deixou o clássico contra o Botafogo ainda no primeiro tempo, ao sentir um problema muscular. Será reavaliado, mas, pelo histórico de lesões, dificilmente jogará. Paulinho, por sua vez, deverá retornar à equipe titular. Testemunha da evolução do jogador de 17 anos, Zé Ricardo não pensa duas vezes antes de elogiar a jóia.

— Não tenho dúvidas de que será um dos grandes jogadores do futebol brasileiro e mundial nos próximos anos, será protagonista — enfatizou Zé: — Vejo a maturidade dele, tem tudo para ser um grande jogador, se a carreira dele seguir sem problemas.

Mesmo com a dificuldade para manter os mesmos jogadores de criação por causa de problemas de lesão — Zé Ricardo já ficou sem Rildo, Evander e Giovanni Augusto em momentos distintos da temporada —, o treinador comemora o fato de que, do meio para frente, o rendimento do Vasco tem se mantido o mesmo:

— Temos um grupo muito bom, dedicado, e conseguimos fazer as mudanças necessárias sem mexer muito no desempenho do time. Isso é importante.

O time viajará para Belo Horizonte na terça-feira, depois de dois dias de treinos no Rio. Com a derrota na estreia na Libertadores, para a Universidad de Chile, o Vasco joga pressionado a pontuar contra o Cruzeiro para não ficar muito atrás no Grupo 5 da Libertadores.

Fonte: Agência O Globo