Vasco pega o Paysandu de olho em números melhores que do turno

Em 04/10/2016 08:21
 
Yago PikachuYago Pikachu
Foto: Alexandre Brum / Agência O Dia

A dez rodadas do fim da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco segue na ponta da tabela e caminha a passos largos para voltar à elite, mas precisa redobrar sua atenção caso queira fechar o ano com a taça na mão.

O Cruz-maltino encara o Paysandu, às 21h30, no Mangueirão. No turno, os paraenses venceram por 2 a 0 e colocaram fim a uma invencibilidade de 17 jogos que o Vasco tinha em casa. Na primeira metade da competição, o time de Jorginho não teve um desempenho dos mais animadores nos dez jogos que faltam para o fim da Série B. Nesta parte do campeonato, a equipe venceu Londrina, CRB, Bragantino, Brasil de Pelotas e Criciúma. Houve ainda as derrotas para Paysandu, Paraná e Avaí, além dos empates com Luverdense e Ceará. O Vasco somou apenas 17 pontos — um desempenho que pode custar o troféu caso seja repetido no segundo turno.

Uma boa notícia é que o Atlético-GO, concorrente mais direto na briga pela Série B, teve uma performance ainda pior: foram somente 13 pontos nesta mesma fatia da competição.

O lateral-direito Yago Pikachu ressaltou que o elenco já começa a sentir os efeitos da maratona de partidas e viagens. Ex-jogador do Paysandu, ele crê que os donos da casa adotarão uma postura cautelosa hoje à noite.

— A gente vai conseguir recuperar alguns jogadores da última partida, mas temos pouco tempo para descansar. Sobre o jogo, os times que enfrentam o Vasco atuam fechados, esperando uma bola parada — analisou Pikachu.

O lateral-direito acredita que o Vasco renderá mais do que na partida contra o Náutico, quando perdeu por 3 a 1, no sábado passado:

— Acho que será melhor do que no último jogo. Nós já nos cobramos para conseguir essa vitória — disse Pikachu.

Jorginho terá alguns problemas para vencer o desafio de atuar em um Mangueirão lotado — até ontem, a torcida do Paysandu já tinha comprado cerca de 22 mil entradas. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Nenê não entra em campo hoje.

Além do camisa 10, o volante Douglas, convocado para a seleção brasileira sub-20, não estará à disposição do treinador em Belém.