Vasco pode ser 1º time com saldo negativo a conquistar vaga na Libertadores

03/12/2017 às 10h10 - FUTEBOL
Foto: Agência O Globozé ricardo
zé ricardo

O Corinthians foi campeão Brasileiro com duas rodadas de antecedência. No entanto, engana-se quem pensa que o campeonato perdeu a graça e ficou monótono por não ter mais nada em disputa. Pelo contrário! A luta para escapar do rebaixamento e, principalmente, para garantir na última rodada uma das três vagas restantes na próxima edição da Taça Libertadores promete ser tão emocionante como uma disputa de título.

Além do Timão, estão confirmados na fase de grupos da competição continental Palmeiras, Grêmio, Santos e Cruzeiro. No atual cenário, faltando apenas uma rodada, Flamengo (fase de grupos), Vasco e Botafogo (ambos na fase preliminar) completariam a relação de times no mais importante torneio da América do Sul em 2018. No entanto, Chapecoense, Atlético-MG, Bahia e São Paulo seguem na briga.

Dos times que hoje estariam na Libertadores através do Brasileirão chama a atenção o fato de o Gigante da Colina poder ser o primeiro time na era dos pontos corridos, iniciada em 2003, a se classificar para o torneio tendo mais gols sofridos (46) que marcados (38). A equipe dirigida pelo técnico Zé Ricardo terminou a 37ª rodada com saldo negativo de oito. Concorrentes, mas ainda fora da faixa de classificação, Chapecoense (-3) e São Paulo (-1) também apresentam saldos negativos.

Até agora, o clube com menor saldo de gols a garantir presença na competição continental numa edição da Série A foi o Botafogo em 2016 (+4), seguido por Cruzeiro (+5, em 2009) e Flamengo (2007), São Paulo (2015) e Atlético-PR (2016), todos com seis gols favor. Por outro lado, as equipes com melhor saldo foram Cruzeiro (+55, em 2003), Santos (+45, em 2004), além de Cruzeiro (2013) e Corinthians (2015), ambos com 40 gols pró. Lembrando que só partir de 2006, o Brasileiro passou a ter 20 clubes. Nas duas primeiras edições foram 24 equipes, enquanto em 2005 participaram 22 times.

O levantamento não leva em consideração as equipes que teriam direito de participar da Libertadores por suas campanhas na Série A, mas garantiram presença através da Copa do Brasil ou do próprio torneio continental. Foram os casos do Internacional (campeão da Libertadores, em 2006), Fluminense (campeão da Copa do Brasil, em 2007) e Vasco (campeão da Copa do Brasil, em 2011). Em 2003, o Cruzeiro, foi campeão Brasileiro, mas também faturou a Copa do Brasil. Por sua Por sua vez, em 2012, o São Paulo foi quarto colocado na Série A e faturou a Sul-Americana. Mesmo com o triunfo internacional, o regulamento não previa vaga a mais para os participantes do Brasileirão.

De acordo com o regulamento da atual edição da Série A, os seis primeiros colocados estariam garantidos na Libertadores - primeiro ao quarto na fase de grupos, enquanto o quinto e o sexto na etapa preliminar. No entanto, como o Tricolor gaúcho (terceiro lugar) e a Raposa (quinto lugar) conquistaram a Libertadores e a Copa do Brasil, respectivamente, o chamado G-6 virou G-8, que pode até virar G-9 se o Flamengo conquistar a Copa Sul-Americana.

Fonte: Blog Numerólogos - GloboEsporte.com