Vasco prioriza trabalho de saída de bola e Zé Ricardo faz mistério

06/04/2018 às 13h49 - FUTEBOL

O gol marcado por Renatinho no começo do duelo contra o Botafogo no fim de semana parece continuar repercutindo no Vasco mesmo com o triunfo por 3 a 2. Isso porque o técnico Zé Ricardo pretende corrigir o problema de saída de bola do time e priorizou isso na atividade tática que comandou na manhã desta sexta-feira, em São Januário. O Vasco volta a encarar o Glorioso neste domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã, na final do Campeonato Carioca.

Como ganhou o primeiro duelo, o Vasco tem a vantagem do empate. Assim, sabe que será pressionado pelo alvinegro de General Severiano e precisa sair com qualidade da defesa para o ataque. Os zagueiros e os volantes foram muito exigidos.

Como parte da atividade foi fechada, a escalação ainda é uma incógnita, mas Zé Ricardo tem problemas para resolver. “Não dá para responder ainda sobre o time, pois tem muitos jogadores desgastados. Estamos em uma sequência difícil, só clássicos. Desgaste físico e emocional”, observou o treinador em entrevista coletiva após a atividade.

O Vasco perdeu o volante Wellington, suspenso por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo no primeiro jogo, e os meias Giovanni Augusto, com estiramento de grau 2 na coxa esquerda, e Paulinho, com pequena fratura no cotovelo esquerdo. Estes dois últimos vinham se alternando entre os titulares. Assim, Thiago Galhardo pode ajudar Wágner na criação. Outra possibilidade é o argentino Andrés Ríos começar jogando, com o esquema com dois atacantes sendo utilizado, já que o colombiano Duvier Riascos tem presença assegurada. Evander entra na vaga de Wellington.

Com pendências, um esboço de time para domingo teria: Martín Silva, Rafael Galhardo, Paulão, Frickson Erazo e Fabrício; Leandro Desábato, Evander, Yago Pikachu e Wágner; Andrés Rios (Thiago Galhardo) e Duvier Riascos. Neste sábado o time fecha a preparação e começa o período de concentração.

Fora de campo, o Vasco convocou seus torcedores para comparecerem neste sábado a uma feijoada em São Januário em comemoração aos 94 anos da “Resposta Histórica”, como ficou conhecido o documento emitido pelo então presidente vascaíno, José Augusto Prestes, no dia 7 de abril de 1924, informando a desistência do clube de fazer parte da Associação Metropolitana de Esportes Athleticos (AMEA) em repúdio ao racismo e ao preconceito social em voga no futebol do Rio de Janeiro da época.

O evento acontecerá às 13h (de Brasília), em São Januário, e terá roda de chorinho. Os ingressos para sócios e não sócios estão à venda no Restaurante do Almirante, que fica dentro do próprio clube. O preço é de R$ 40 (bebidas à parte). Os torcedores que quiserem maiores informações podem entrar em contato com os números (21) 3295-0463, (21) 2580-0286 e (21) 99528-0894.

Fonte: ESPN Brasil