Vasco quer 100% dos pontos jogando em casa nesta reta final de Brasileirão

03/11/2017 às 14h25 - FUTEBOL

Na 8ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 44 pontos conquistados, o Vasco já tem a sua estratégia para conseguir alcançar uma vaga na próxima Copa Libertadores. Ela passa, obrigatoriamente, por ganhar todos os jogos em casa nesta reta final. A começar pelo confronto do próximo domingo, às 19h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro, diante do Vitória, pela 32ª rodada.

“Os jogos em casa ganharam em importância nesta reta final, pois está cada vez mais complicado pontuar longe do Rio de Janeiro. Portanto, sabemos que temos que fazer a nossa parte. Apenas o triunfo interessa neste domingo”, disse o zagueiro Anderson Martins.

O volante Jean pensa de maneira parecida. 

“Ganhar em casa faz muita diferença no Campeonato Brasileiro. O próprio Vitória, que tem uma grande campanha como visitante, está na zona de rebaixamento porque não vem rendendo bem na Bahia. Por isso mesmo é fundamental que a gente faça todos os pontos no Rio de Janeiro nesta reta final, pois apenas assim vamos atingir os nossos objetivos na temporada”, afirmou o volante.

O elenco do Vasco fez um treino fechado nesta sexta-feira. Isso torna a escalação, ainda um mistério. Paulinho, que voltou ao grupo após servir à seleção brasileira no Mundial Sub-17, na Índia, deve ganhar uma chance no meio, na vaga de Yago Pikachu. Já Luis Fabiano, que se recuperou de uma artroscopia no joelho direito, que gerou transtornos, ainda não tem escalação certa por não suportar os 90 minutos. Se começar no banco, o argentino Andrés Rios segue no comando do ataque. 

Henrique ganha o lugar do lateral esquerdo Ramon, que não joga mais neste ano por conta de ter rompido parcialmente o ligamento cruzado anterior do joelho direito. O zagueiro Breno, que cumpriu suspensão no empate com o Flamengo, reaparece na vaga de Paulão, que volta ao banco de reservas. Neste sábado o elenco treina pela manhã e depois começa o período de concentração.

Eleições vascaínas

O quadro eleitoral apresentou mais uma mudança. Antônio Fernandes, último candidato a entrar na disputa e que representava a chapa “Novos Rumos”, abriu mão de sua candidatura para apoiar Julio Brant, da chapa “Sempre Vasco Livre”, que esta semana já tinha recebido o apoio de Alexandre Campello. Com a saída de Fernandes, o pleito, que vai acontecer na próxima terça-feira, em São Januário, terá apenas três candidatos. Além de Brant, estão na disputa o atual presidente Eurico Miranda, que tenta novo mandato pela chapa “Reconstruindo o Vasco” e Fernando Horta, da chapa “Mudança com Segurança”.

Fonte: ESPN