Vasco rejuvenesce e é carregado por jovens valiosos

07/04/2018 às 08h45 - FUTEBOL

Em 2015 e 2016, o Vasco apostou em medalhões e conquistou o bicampeonato carioca. Em compensação, o fôlego dos veteranos acabou no decorrer das duas temporadas e o clube amargou um rebaixamento no primeiro ano e obteve um apertado acesso no ano seguinte. Por conta disso, o Cruzmaltino rejuvenesceu o elenco e chega agora na final do Campeonato Carioca oito anos mais novo.

Mais do que um time jovem, o clube viu como ponto positivo nesta fórmula a vitrine e possibilidade de lucro para seus pratas-da-casa. Ano passado, por exemplo, o destaque foi o volante Douglas que, aos 18 anos, acabou negociado para o Manchester City (ING) por cerca de R$ 49 milhões.

A bola da vez agora é Paulinho, de 17 anos, que teve uma pequena fratura no cotovelo esquerdo na última quarta-feira, contra o Cruzeiro, pela Libertadores, e está fora da decisão deste domingo. O atacante já tem seu nome especulado por clubes como Barcelona, Real Madrid, PSG, Manchester City e Juventus. Sua multa rescisória está estipulada em R$ 120 milhões.

No elenco atual de Zé Ricardo ainda há outras promessas que podem dar frutos futuramente, como o meia Evander, os atacantes Paulo Vitor e Caio Monteiro e o zagueiro Ricardo Graça.

"Todo trabalho precisa de uma sequência. Estamos nos propondo a fazer uma equipe forte. Ainda tem muita coisa para construir. Mas o que a torcida pode ter certeza é que é uma equipe que vai se entregar, se doar, ser intensa o jogo todo. Como toda construção de trabalho, temos altos e baixos. Poucas equipes do futebol brasileiro não passam por isso. Mas o Vasco está no caminho certo, com um grupo competitivo entre eles, mas de forma leal", declarou o técnico.

Em 2015, no primeiro título carioca, o Vasco tinha uma média de idade 30,4. No bicampeonato, em 2016, subiu para 33,5. Em 2017, terminou com 25, média que permaneceu nesta temporada.

Por ter vencido o primeiro jogo por 3 a 2, o Cruzmaltino tem a vantagem do empate para conquistar o Estadual neste domingo, às 16h, no Maracanã. Caso o Botafogo vença por um gol de diferença, a disputa vai para os pênaltis.

Fonte: UOL