Vasco buscar sensibilizar Zé Ricardo com projeto de futebol profissional

23/02/2018 às 15h15 - FUTEBOL

O Vasco não tem como cobrir financeiramente a proposta. Então, fez o que lhe cabe. Uma contraposta, sensibilizando o Zé com um projeto que envolve futebol profissional e base, que ele está ajudando a montar. Tanto que o Carlos Brasil, novo coordenador da base, foi indicado por Zé

A ideia é mostrar que ele é unanimidade no clube, querido pelo elenco e pela torcida do Vasco e tendo esse projeto integrado base-profissional. Além, claro, de estar na fase de grupo da Libertadores e com isso ter projeção mundial. A decisão agora é do Zé Ricardo.

A diretoria do Vasco entende que é uma escolha difícil, mas tentou sensibilizar o Zé Ricardo da forma que pode. Financeiramente não dá pra cobrir, mas dá pra oferecer este projeto e mostrar o esforço de manter salários em dia e atender aos pedidos do treinador para a temporada

Se o Zé não ficar, o clube vai procurar um treinador que atenda a metodologia pensada hoje no Vasco. Não seria alguém que viesse com a própria. E ainda pesa a questão financeira. Salário alto nem pensar. Mas a diretoria vai esperar a resposta do Zé para se movimentar

Para completar, por ser uma decisão difícil e o Vasco ter muita consideração pelo profissional e pelo caráter do Zé, não há prazo para uma resposta definitiva. Mas, acredita-se internamente que o técnico resolverá em breve.

Fonte: Twitter da jornalista Camila Carelli/Rádio Globo