Vasco x Flamengo é o 3º clássico de maior rivalidade nacional, diz pesquisa

Em 19/10/2016 08:56
 
Vasco x FlamengoVasco x Flamengo
Foto: SuperVasco

Um jogo que simboliza o que há de mais forte na rivalidade entre clubes. Que tenha cor, beleza e suor capazes de chamar atenção em cada canto do país. Que atrai atenção mesmo estando a léguas de distância. Afinal, quais são os maiores clássicos do Brasil? Resolvemos de uma vez por todas encerrar essa discussão. Encerrar não. Na verdade daremos ingredientes para continuá-la. Ouvimos o mesmo número de jornalistas de cada um dos 27 estados (incluindo o Distrito Federal) para termos um olhar verdadeiramente nacional. 

Saímos a campo pegando opiniões de jornalistas de veículos variados pelo país. Ouvimos 11 de cada estado, formando um corpo de jurados de 297 pessoas. Mas o TOC é grande, e para chegarmos a 300 obtivemos listas de três jornalistas estrangeiros radicados no Brasil. No final das contas, trezentas relações dos 10 maiores clássicos na opinião de cada um. 

1º lugar - 10 pontos / 2º- 9 / 3º - 8 / 4º - 7 / 5º - 6 / 6º - 5 / 7º - 4 / 8º - 3 / 9º - 2 / 10º - 1

O ranking final teve Grêmio x Internacional como o maior clássico do Brasil, seguido muito perto por Corinthians x Palmeiras. Flamengo x Vasco, Flamengo x Fluminense e Atlético-MG x Cruzeiro completam o Top 5. 

ARTES DE VINICIUS JOSÉ E DÉBORA DE DEUS

Gre-Nal campeão em 12 estados; Fla x Vasco em 7; Corinthians x Palmeiras em 6

O mais curioso é dividir as escolhas por estado. É interessante ver que o Gre-Nal venceu em 12 locais: Bahia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Flamengo x Vasco ficou na liderança em sete: Acre, Amapá, Amazonas, Distrito Federal, Maranhão, Piauí e Rondônia. 

Corinthians x Palmeiras teve a maior pontuação em seis estados: Ceará, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Norte, Roraima e Sergipe. 

Por fim, campeões em um estado cada ficaram o Fla-Flu (Alagoas) e Atlético-MG x Cruzeiro (Minas Gerais).

Fonte: Blog Pombo sem Asa - GloboEsporte.com