Veja como está o desempenho de Thalles no Albirex Nigata

18/06/2018 às 08h10 - FUTEBOL

O Vasco da Gama está com opções reduzidas para o comando de ataque. Atualmente, o elenco conta apenas com Andrés Ríos para esta função. Hugo Borges é outro jogador que atua mais centralizado, mas ainda vem sendo utilizado nas categorias de base. Caio Monteiro e Paulo Vitor já atuaram neste papel, porém, ambos são mais utilizados pelos lados do campo.

No início do ano, Luís Fabiano era a grande esperança de homem-gol do time vascaíno. Convivendo com muitas lesões, o Fabuloso rescindiu seu contrato por não ter conseguido ir à campo. Sem ele, o clube manteve Andrés Ríos, cujo contrato se encerra no final de junho, e apostou no retorno de Riascos, que já foi negociado com o futebol chinês.

Paralelamente, a diretoria deu novos ares a um jogador formado nas categorias de base: Thalles. No time profissional desde 2013, a revelação vascaína não conseguiu se firmar. Oscilando bastante desde então e com poucos espaços no início da temporada, o Vasco o emprestou para o futebol japonês.

Jogando pelo Albirex Nigata, o jogador ainda não conseguiu desenvolver todo o seu potencial. Em 22 partidas foram apenas 3 gols marcados. Foram 11 partidas desde a sua estreia para balançar as redes. Todavia, desde que fez seu primeiro gol, marcou mais dois pelos dez jogos seguintes. Por isso, nem sempre também atuou como titular, tendo começado 10 partidas no banco de reservas e apenas 12 como jogador de início.

Fonte: Torcedores.com