Volante Souza diz desejar retornar o Vasco: "Fiz muito pouco por eles"

10/05/2018 às 17h36 - FUTEBOL

A relação entre Souza e Vasco é antiga. O volante, hoje no Fenerbahçe, é torcedor do Cruz-Maltino desde a infância e foi revelado pelo clube. Jogou 12 temporadas desde as categorias de base em São Januário, realizou o sonho de defender o time profissional e foi embora em 2010. Passaram-se oito anos, mas o carinho está vivo. Tanto é que Souza tem muita vontade de voltar no futuro.

- O Vasco é o clube que tem minha preferência em relação a isso. Foi o clube que me deu oportunidade, então sempre terei um carinho muito grande. Por tudo o que eles fizeram por mim, fiz muito pouco por eles. Hoje assisto aos jogos, acompanho - disse, em entrevista por telefone ao GloboEsporte.com na semana passada.

- Mas futebol nem sempre é uma matemática exata. Caso não aconteça, é porque não houve procura, não houve acerto. Estarei aberto a outras ofertas que possam ser boas para mim. Mas outra situação é que eu queria viver um pouco no Rio de Janeiro. Saí com 22 anos e desde então não pude mais morar no Rio, perto dos meus familiares. Seria um sonho morar e jogar no Rio - completou, ponderando.

Souza também teve boas passagens por Grêmio e São Paulo e guarda carinho pelos clubes. O jogador está com 29 anos e não pensa em voltar ao futebol brasileiro agora. Bem fisicamente, ele acredita que terá carreira longa. E, para quando for a hora do retorno, não quer chegar somente para encerrar a carreira. Ele planeja voltar em boa forma e com condições de contribuir.

Neste momento, a cabeça do volante está voltada inteiramente ao Fenerbahçe, onde se sente muito feliz. O contrato com o time turco vai até maio de 2019, e ainda não houve conversas para renovar, uma vez que haverá eleições no clube no meio deste ano. Mas, se depender dele, o compromisso será prolongado.

A única coisa que poderia mudar os planos de Souza para o futuro próximo é uma oportunidade em um grande europeu. Quem sabe?!

- Tudo é possível. A gente vê o exemplo do Paulinho, que foi para a China e depois para o Barcelona. São vários casos de jogadores que, com 29, 30, 31 anos, conseguiram chegar a um grande centro e a um grande clube. Mas também sei que é difícil. De qualquer forma, estou muito feliz, pois estou em um grande clube da Turquia, a torcida é apaixonada e gosta de mim. Me sinto muito à vontade para continuar aqui, cumprir meu contrato e renovar por mais anos. Gosto muito do clube e da torcida.

O volante às vezes joga de zagueiro no Fenerbahçe, e essa é uma possibilidade forte para daqui a alguns anos. Como o cansaço atuando lá atrás é menor, ele cogita uma mudança de posição.

- Sim, tenho tamanho (1,88m de altura), bom cabeceio. O resto fica fácil.

É grande, portanto, a chance de voltarmos a ver Souza no futebol brasileiro um dia, mas na zaga. Por enquanto, ele segue no Fenerbahçe, onde é titular absoluto. Na terceira temporada pelo clube, o volante está em busca do primeiro título.

Fonte: GloboEsporte.com