Werley: "Pra vencer precisamos de tranquilidade e respeitar o Paraná"

29/05/2018 às 19h19 - FUTEBOL

A preparação vascaína para o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro foi encerrada na tarde desta terça-feira (29/05) no Complexo Esportivo de São Januário. Ao lado de sua comissão técnica, o treinador Zé Ricardo promoveu uma atividade tática e fez os últimos ajustes na equipe, que mede forças com o Paraná Clube nesta quarta (30), às 19h30, no Estádio de São Januário.

Assim como na rodada anterior, quando encarou o Bahia em Salvador, o Gigante da Colina terá desfalques importantes em sua sétima partida no torneio nacional. A boa notícia fica pelo retorno de alguns titulares, caso, por exemplo, do zagueiro Werley. O defensor concedeu entrevista coletiva após a movimentação no gramado principal e garantiu estar recuperado para ajudar o Vasco na conquista dos três pontos.

- Fico feliz por voltar a fazer o que mais amo. Eu sou um atleta que não gosta nem de passar perto do departamento médico para não ter o risco de ficar nele, mas infelizmente estamos tendo uma rotina pesada. São muitas viagens, diversos treinos e vários jogos. Graças a Deus não foi uma lesão grave. Todo jogador quer estar em campo e comigo não é diferente. Vou procurar contribuir da melhor maneira possível para que a gente possa fazer um grande jogo - afirmou o camisa 34. 

Sem vencer há três jogos, o Vasco da Gama possui oito pontos, ocupa a 13ª colocação e terá pela frente a equipe de pior rendimento do Campeonato Brasileiro. O Paraná Clube ainda não venceu na competição. Engana-se quem pensa, porém, que o retrospecto do rival fará o Almirante entrar em campo relaxado. Werley pregou respeito ao adversário e pediu concentração do primeiro ao último minuto. 

- É um jogo difícil, como qualquer outro. Você não pode relaxar no Campeonato Brasileiro. Independentemente do adversário, da posição que ele ocupa na tabela, será sempre uma partida complicada. Só que iremos jogar dentro de casa e precisamos vencer. Só que para isso acontecer precisamos ter tranquilidade e respeitar o Paraná. É procurar fazer o nosso jogo e seguir as orientações do Zé, pois dessa forma estaremos mais próximos do resultado positivo - concluiu o defensor vascaíno.

Fonte: Site oficial do Vasco