Zé Ricardo: 'Continuo otimista, mas com os pés no chão'

03/11/2017 às 13h19 - FUTEBOL

Zé Ricardo: "Nossa proposta sempre foi trabalhar quietinho, com crescimento de performance. Nosso grupo se cobra bastante, concentra bastante no adversário seguinte. Estou muito feliz. Isso nos deu uma consistência e esses sete jogos sem perder não são à toa. Independente do adversário temos que nos organizar durante o jogo."

Zé Ricardo: "Confio nos atletas, comissão técnica... com isso minimizamos muitos problemas. Dizer que vai entrar e ter uma sequência, que não vai perder, é muito difícil. Não podia dizer que esse roteiro ia acontecer, mas estou feliz. Continuo otimista, mas com os pés no chão. A Copa do Mundo são sete jogos, e os sete jogos finais serão nossa Copa do Mundo."

Zé Ricardo: "A liderança do Martín é importante, não é à toa que é nosso capitão. Perdemos um pouco. Mas parabéns por mais uma convocação. Ele não esteve na última, a Federação entendeu bem o problema na lombar que ele tinha. Agora de forma justa está sendo convocado. Vamos repor com o Jordi e o Gabriel, além do João, que é campeão carioca. Darão conta do recado."

Zé Ricardo: "Tratamos com tranquilidade, assim como foi na última partida, quando podíamos entrar na zona da Libertadores. O Vitória é perigoso, especialmente fora de casa. Contamos com o apoio da torcida. Será preciso paciência, porque o Vitória se sente confortável jogando assim, com o bloco baixo. A volta do Luis Fabiano é fundamental, nos dá confiança e ao torcedor também."

Zé Ricardo sobre Paulinho: "Nós entendemos que seria fundamental para ele a participação no Mundial. Ele demonstra maturidade e concentração. Vai ser um grande jogador. Foi importante para ele, voltou mais maduro. Certeza de que a partir de agora vai disputar a nossa Copa do Mundo (reta final do Brasileiro)."

Zé Ricardo: "Quando falamos que o Brasileiro é o mais difícil , não é à toa. O Coritiba empatou com a gente, depois fez um jogo memorável com o Sport no Recife. O Vitória venceu o Corinthians em Itaquera, o Flamengo na Ilha do Urubu... temos que ter muito cuidado. Temos que estar muito concentrados. Mínimo de descuido pode nos prejudicar."

Fonte: GloboEsporte.com