Zé Ricardo ganharia bônus com classificação à Libertadores

23/02/2018 às 13h08 - FUTEBOL

O belo casamento entre Vasco e Zé Ricardo, que vive o seu auge, pode estar perto do fim. A diretoria do clube confirmou nesta sexta-feira (23) que o treinador recebeu uma proposta para deixar o Cruz-Maltino. O Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, é o possível destino do comandante vascaíno.

A informação inicial foi divulgada pela ESPN, e a diretoria do Vasco, até esta sexta-feira, negava todo e qualquer tipo de proposta. Segundo apurou o Esporte Interativo com pessoas próximas a Zé Ricardo, o treinador só teve ciência dos moldes da proposta na chegada ao Rio de Janeiro, na noite da última quinta-feira (22).

​O bom momento que vive no Vasco fez Zé Ricardo, mesmo recebendo a oferta generosa, fazer uma contra-proposta ao time árabe. No Vasco, o treinador recebe cerca de R$ 180 mil mensais, juntando salário e direito de imagem. Com a classificação à Libertadores em 2017, estava previsto em contrato um bônus de R$ 450 mil para o treinador.

​Entretanto, a oferta do Al Ahli é, pelo menos, duas vezes maior do que ele ganha no Vasco. Recentemente, Zé Ricardo se mudou para o Leblon e cada vez mais bem estruturando sua vida e de sua família no Rio de Janeiro. O carinho pela cidade, a estabilidade familiar e o grande momento no Vasco fizeram o treinador não aceitar a proposta de primeira. O Cruz-Maltino segue conversando com Zé Ricardo nesta sexta-feira (23) e uma definição pode sair a qualquer momento.

Fonte: Esporte Interativo