Zé Ricardo pede concentração para o jogo da volta na Libertadores

01/02/2018 às 08h27 - FUTEBOL

O técnico Zé Ricardo saiu satisfeito com o resultado de sua equipe na Copa Libertadores. Estreando na competição, o Vasco venceu o Universidad de Concepción-CHI por 4 a 0, com gols de Evander (2x), Pikachu e Rildo, em solo chileno, casa do adversário. Feliz com o placar, o técnico fez elogios ao seus comandados, mas não deixou de colocar os pés no chão para a partida de volta no Rio de Janeiro. Confira os trechos da coletiva: 

O maior regional do Brasil está de volta! Não quer perder nada da Copa do Nordeste? Então, clique aqui, assine o Esporte Interativo Plus por apenas R$9,90/mês e assista aos jogos AO VIVO! Dá só R$0,33/dia!

​FORÇA DO VASCO

​"A tradição do Vasco é muito grande, mas nos últimos 18 anos é a terceira vez. Estamos há um tempo afastados da Libertadores, mas o que definiu a partida foi saber aproveitar as oportunidades que criamos". 

​JÁ CLASSIFICADO?

"Já vi muita coisa acontecer em futebol. Lógico que é uma diferença considerável, vamos jogar em casa com a força da nossa torcida, mas temos que estar atentos. A gente sabe que tudo pode acontecer no futebol. A concentração vai ter que ser até maior do que aqui. Não diria que está garantido". 

​FOCO DO VASCO DAQUI PARA A FRENTE

"Acho que, na temporada, é o quinto jogo do Vasco. Com isso, as dificuldades são muito parecidas. O que a gente fez foi um planejamento para essa partida e agora a gente espera acertar. Temos um jogo importante pelo Campeonato Carioca e temos algumas possibilidades para passar para a próxima fase da Libertadores na semana que vem". 

​TIME AINDA PRECISA ENGRENAR?

"Absolutamente. Alguns atletas estão chegando, você viu que alguns atletas ainda precisam de uma condição natural. Mas acredito que com a sequência do trabalho podemos ter ainda mais resultados. Com a mescla dos mais jovens com os mais experientes poderemos ter essa simbiose e melhor ainda mais na temporada". 

​MOMENTO

"O mais importante é a gente passar confiança aos atletas que estão em campo, acredito muito que o comprometimento no dia a dia e a vontade do atleta em querer evoluir, crescer ou reconstruir uma carreira faça ele evoluir ainda mais. Todo dia, no nosso treinamento, buscamos tirar o máximo de cada um. Sem vaidade porque a vaidade pode atrapalhar. Contamos um pouquinho com a sorte, mas nos preparamos muito para fazer um grande jogo aqui".

Fonte: Esporte Interativo