5 jogadores que revelaram torcer para o Vasco

12/06/2020 às 17h49 - FUTEBOL

Dono de uma tradição vasta no futebol nacional, o Vasco da Gama ostenta uma galeria repleta de conquistas ao longo de 121 anos de existência. Ao longo de sua história, o time cruz-maltino possuiu várias gerações vitoriosas que marcaram época e se tornaram ídolos do clube. Essa identificação de jogador e clube acaba amplificando a identificação da torcida. Listamos abaixo, cinco jogadores que já se declararam ao clube carioca.
 

HERNANES

Identificado com a torcida do São Paulo, o meia Hernanes causou grande repercussão ao revelar que também tem um enorme carinho pelo Gigante da Colina.

“Eu tinha dois times: torcia para o São Paulo e para o Vasco. Acompanhei bem aquele time”, disse o Profeta em entrevista recente ao SporTV. O time em questão que Hernanes mencionou foi formado por Pedrinho, Juninho Paulista, Romária e cia, que marcou época no clube. A declaração do atleta gerou um grande alvoroço nas redes sociais, com a torcida do Vasco pedindo a sua contratação.

LUAN

Atualmente defendendo as cores do Palmeiras, o zagueiro Luan é outro que também já manifestou seu sentimento sobre o Vasco da Game. O defensor teve a sorte de atuar no time do coração por vários anos.

“Quero deixar meu nome na história desse clube, estou construindo uma imagem dentro e fora de campo, e o Vasco tem participação em 100% disso. Na minha formação como ser humano e como atleta de futebol”, disse o zagueiro ao UOL.

LÚCIO

O pentacampeão do mundo com a Seleção Brasileira surpreendeu ao revelar em entrevista ao Esporte Interativo que torce para o Vasco desde a sua infância.

“Quando fui convidado, fiquei muito feliz por ter a oportunidade de falar e conhecer todos vocês, mesmo que virtualmente. Para mim é sempre uma alegria. Eu torço muito por vocês, pois desde molequinho sou Vasco da Gama, por influência do meu pai”.

PHILIPPE COUTINHO (Jogo em 2017)

Revelado pelas categorias de base do Gigante da Colina, o meia Philippe Coutinho, hoje pertencente ao Barcelona é outro que teve o privilégio de jogar no time do coração. Foi justamente defendendo as cores cruzmaltina, que o jogador ganhou renome no futebol mundial e foi vendido para a Inter de Milão.

MAXWELL

Com uma carreira construída praticamente em sua totalidade no futebol europeu, o ex-lateral Maxwell também já declarou ao clube carioca.

“Sou vascaíno. Quando a gente é atleta, a gente não tem coração, tem que jogar onde acredita que é o melhor projeto profissional. Tive oportunidade de outros clubes no Brasil, de voltar para o Cruzeiro ou outros times. Eu sou torcedor do Vasco e iria acabar sofrendo em campo (risos). Eu gostaria de um dia ter defendido o Vasco. É o clube que eu torço”, disse o ex-jogador.

Fonte: Torcedores.com