Acompanhe o tempo restante de contrato dos principais atletas da base

01/11/2018 às 16h10 - CLUBE

Vivendo grave crise financeira e sem recursos para grandes investimentos, o Vasco tem usado cada vez mais jogadores oriundos das categorias de base, como os volantes Andrey e Bruno Ritter, o meia Marrony, entre outros. O trabalho no departamento vem sendo bom e o clube vem colhendo importantes frutos. 

Somente neste Brasileirão, a equipe usou 11 jovens atletas formados na Colina. O curioso é que o atacante Paulinho não disputou a competição em 2018 por estar lesionado. Ainda com o problema no cotovelo, o jovem foi negociado com o Bayer Leverkusen em julho e foi responsável pela maior venda vascaína na história. 

Neste post, o Torcedores vai detalhar a situação contratual de alguns jogadores da base do Vasco que ainda não foram promovidos definitivamente ao elenco profissional e que num curto espaço de tempo podem repetir os passos dados por Paulinho. 

Entre os destaques há o goleiro Halls, de 19 anos, o lateral-esquerdo Riquelme, 17 anos, o meia Linnick, 18 anos, e o atacante Lucas Santos, 18 anos. Desses, apenas o último teve chance de disputar jogos oficiais pelos profissionais (3 partidas em 2018). 

Veja até quando vão os contratos dos principais atletas da base vascaína 

Halls (goleiro de 19 anos) – fim de agosto de 2020 

Ulisses (zagueiro de 18 anos) – fim de dezembro de 2021 

Rafael França (lateral-direito de 18 anos) – fim de dezembro de 2018 

Riquelme (lateral-esquerdo de 17 anos) – fim de outubro de 2021 

Rodrigo Fernandes (volante de 19 anos) – fim de fevereiro de 2020 

Linnick (meia de 18 anos) – fim de dezembro de 2018 

Dudu (meia de 18 anos) – fim de janeiro de 2021 

Hugo Borges (atacante de 19 anos) – fim de dezembro de 2020 

Lucas Santos (atacante de 18 anos) – fim de dezembro de 2021 

Fonte: Torcedores.com