Alexandre Faria garante time competitivo para 2019

21/12/2018 às 08h21 - FUTEBOL

O Vasco não tem os mesmos recursos financeiros da maioria dos rivais, porém, mesmo assim tem condições de montar um time competitivo. É o que pensa o diretor de futebol Alexandre Faria, que reconheceu que o tamanho do Vasco hoje é maior que o orçamento do departamento de futebol.

“A gente tem a absoluta consciência do nível de comprometimento que precisamos ter, dos atletas e da comissão técnica. Se você for olhar o tamanho do Vasco e o tamanho do orçamento que a gente tem no departamento de futebol, são coisas muito diferentes. O Vasco é muito maior do que o orçamento que a gente tem hoje. Você pega equipes como Cruzeiro, São Paulo, Palmeiras, Flamengo e Grêmio, eles estão com o orçamento para o futebol maior do que o Vasco tem hoje”, disse o dirigente, durante o programa “Bate-Bola”, da ESPN

“Mas isso não quer dizer que a gente não vá conseguir montar um time pra brigar contra essas equipes. Nós estamos tendo que privilegiar a austeridade, mas estamos trabalhando muito para formarmos o melhor elenco possível com o orçamento que a gente tem, investindo muito na qualificação da comissão técnica para que a gente entregue para um torcedor um time que possa deixar tudo dentro de campo. O Vasco vai ser sim um time muito competitivo, disso não tenho a menor dúvida”, prometeu Faria, que em seguida falou dos objetivos da equipe na próxima temporada.

“O primeiro passo é o Campeonato Carioca, que é muito importante e vamos brigar pelo título.  No Brasileirão o nosso grande desejo é brigar por vaga na Libertadores e vamos buscar isso com muita força”, afirmou.

Na mesma entrevista, Alexandre Faria confirmou os acertos com os laterais Raúl Cáceres, do Cerro Porteño, Danilo Barcelos, do Atlético-MG, e o atacante Ribamar, do Pyramids.

Foto: Carlos Gregório Jr/VascoAlexandre Faria e Alberto Valentim
Alexandre Faria e Alberto Valentim

Fonte: Torcedores.com

Enquete

Você aprova a contratação do volante Fellipe Bastos?

Deixe seu comentario Especulações Mercado