Futebol

Alguns nomes já seriam cotados no Vasco para ocupar cargos do futebol

Alexandre Mattos, Marcelo Teixeira e Rodrigo Pastana são os mais cotados para assumir o futebol do Vasco.

Antes de mais nada, o presidente Jorge Salgado deve anunciar nos próximos dias um pacotão de medidas para mudar radicalmente o Vasco. A princípio, o principal foco do dirigente é no futebol com transformações na estrutura do departamento e com novos nomes a serem anunciados nos próximos dias.

O Torcedores.com apurou que a prioridade é fechar a contratação de um diretor executivo que terá liberdade para escolher o novo técnico. De antemão, os nomes mais comentados são de Alexandre Mattos, ex-Atlético-MG, Marcelo Teixeira, ex-Fluminense e Rodrigo Pastana, ex-Cruzeiro.

Ainda segundo apurou a reportagem, internamente a expectativa é anunciar o novo diretor executivo no começo de dezembro. Jorge Salgado tem conversas avançadas com o profissional que irá comandar o futebol. Mas o nome é mantido sob sigilo por estratégia de mercado.

Tendo a equipe do Vasco como seu comandante interino o auxiliar técnico Fábio Cortez Torres, Jorge Salgado não pretende efetivar o mesmo como treinador. Porém, ele deve ter papel importante na futura comissão técnica como auxiliar fixo do novo comandante.

Em primeiro lugar, há o entendimento que o profissional pode ser importante para fazer a transição dos atletas da base. De acordo com fontes ouvidas pelo Torcedores.com, Jorge Salgado admitiu a pessoas próximas que tem alguns nomes em mente.

Além disso, o dirigente deseja um treinador que exerça uma liderança através do diálogo, sem gritos ou o popular “soco na mesa”. O presidente entende que a única maneira de tirar o Vasco do buraco é criando um clima de união entre jogadores, comissão técnica e diretoria.

Vasco pode ter ex-jogador como coordenador técnico

Disposto a encontrar um profissional de qualidade, Jorge Salgado é cobrado por lideranças políticas para contratar um ex-jogador para atuar no dia a dia no departamento de futebol. Internamente, os nomes de Luisinho Quintanilha, Felipe Loureiro e Pedrinho ganham força.

Ex-meio-campista, Luisinho fez parte do grupo campeão Brasileiro, em 1997, da Libertadores, em 1998 e da Copa Mercosul, em 2000. É, portanto, um símbolo na história do Vasco. Ex-agente de jogadores, ele foi auxiliar técnico do Bahia, em 2017.

Felipe Loureiro é um dos principais ídolos da torcida, sendo lateral-esquerdo nas principais conquistas dos anos 90 e 2000. Em 2019, trabalhou como coordenador técnico da Ponte Preta. Além disso, foi técnico do Tigres do Brasil e Bangu.

Já Pedrinho é uma das maiores revelações da história do Vasco. Ele também esteve presente no elenco que viveu a “Era de Ouro” sob o comando de Antônio Lopes. Atualmente, é comentarista do Grupo Globo. Mas nunca escondeu o desejo de ajudar o clube de coração.

O presidente Jorge Salgado tem a convicção de que um ex-jogador poderá servir como referência para o elenco. Agora, cabe ao dirigente tentar convencer um dos três a aceitar o projeto de tirar o clube do buraco em 2022.

Fonte: torcedores.com