As lições de Chapecoense 1 x 1 Vasco

23/04/2018 às 12h06 - FUTEBOL

O Vasco foi até Santa Catarina para encarar a Chapecoense, na Arena Condá, e após começar o duelo em desvantagem no marcador, o Gigante da Colina conseguiu empatar e até teve chance de sair com os três pontos, se não fosse a ‘furada’ épica de Evander. Além do resultado que pode ser considerado positivo, o embate serve de lição para o jogo decisivo na Libertadores  para os comandados de Zé Ricardo, que na próxima quinta-feira (26) recebe o Racing, em São Januário.

Para o compromisso que vai decidir a continuidade da esperança de se classificar na Copa Libertadores, o técnico Zé Ricardo poderá utilizar algumas situações que deram certo contra a Chapecoense e uma delas está na escalação de Thiago Galhardo, que não estava com a delegação na Argentina. No jogo contra a Chapecoense, no Brasileirão, a entrada do meia foi determinante. Com ótima movimentação, criando espaços, Galhardo conseguiu aumentar o volume de jogo do Vasco, além de ter tido papel fundamental no gol de Andrés Ríos.

Outro fator positivo na partida foi a opção de Zé Ricardo em escalar novamente dois volantes no time. Apesar de Wellington ainda estar devendo, a equipe conseguiu cobrir as laterais, não dando tantos espaços como foi contra o Racing, em Avellaneda. Na ocasião, o Gigante da Colina entrou em campo com três volantes.

Por fim, Werley figurou entre os titulares na partida válida pela segunda rodada do Brasileirão e também foi bem, mostrando segurança e deixando a possibilidade de Zé Ricardo Fazer uma mudança no miolo de zaga em relação ao companheiro de Paulão.

Fonte: Torcedores.com

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario