Atacar ainda é o forte do Vasco

06/01/2006 às 01h03 - FUTEBOL

Se for se espelhar no fim de 2005, o Vasco não tem muitos motivos para se animar. Apesar de manter sua principal força, o trio ofensivo formado por Morais, Alex Dias e Romário, que brilhou no Campeonato Brasileiro, o clube não contratou nomes de peso para solucionar a principal deficiência da equipe na temporada passada: a defesa.

Renato Gaúcho não parece preocupado e está feliz mesmo é com a permanência de Romário. O técnico, que livrou o Vasco do rebaixamento e ainda classificou a equipe para a Copa Sul-Americana, parece confiar plenamente que a força ofensiva da equipe é garantia de vitórias cruzmaltinas.

- É o ponto forte do time. Sabem fazer gols - disse Renato Gaúcho, que confia em Fábio Baiano para ajudar a dupla a marcar ainda mais. - É um jogador que ajuda muito os homens da frente jogarem.

Para o setor de contenção, no entanto, os reforços ainda são uma incógnita. Os zagueiro Bebeto e Jorge Luiz, além do volante Andrade, são pouco conhecidos do público e não chegam a animar os torcedores.

Vasco \"made in USA\" - O clube fechou uma parceria com o Sacramento Knights, time amador dos Estados Unidos que prevê um intercâmbio de jogadores, amistosos e a exploração da marca vascaína no país americano.

Fonte: JB Online