Campello garante permanência de Castán no clube

14/12/2018 às 07h00 - CLUBE

Paralelamente às conversas para reforçar o elenco, o Vasco fica de prontidão para analisar possíveis propostas por jogadores nesta janela de transferências. O presidente Alexandre Campello admite a necessidade que o clube tem de vender algum ativo, mas ressalta: praticamente todos os clubes do país precisam fazer caixa dessa forma.

Segundo ele, o Cruz-maltino recebeu proposta apenas por Martín Silva, do elenco principal. Yago Pikachu e Andrey, considerados dois nomes com potencial de venda do grupo profissional, ainda não motivaram contatos oficiais de interessados.

 

Sobre Martín, o dirigente destacou que se a oferta do Libertad chegar aos termos que o Vasco deseja, o jogador será negociado - as bases salariais oferecidas ao goleiro foram vantajosas e o uruguaio já sinalizou a vontade de deixar São Januário.

Caso ele saia, a diretoria deverá partir atrás de um jogador para a posição. Por enquanto, o setor que não preocupa para 2019 é a defesa. Leandro Castan, titular e capitão da equipe, sondado pelo Corinthians, deve ficar.

— Castan é assunto superado. É jogador do Vasco e tem contrato até 2019. O representante dele falou do interesse do Corinthians, parece que de fato ele existia, mas não houve proposta. Se não tem proposta, não tem porque ficar falando sobre isso. Se tivesse, infelizmente eu teria de analisar, porque não quero me desfazer dele — afirmou Campello.

O Vasco recebeu propostas por jogadores das categorias de base, de acordo com o presidente. Os valores não agradaram à diretoria e as ofertas não foram à frente.

Foto: Rafael Ribeiro/VascoCastan tem contrato até dezembro de 2019 e interessa ao Corinthians
Castan tem contrato até dezembro de 2019 e interessa ao Corinthians

Não Confirmado

Você aprova a saída de Leandro Castan?

Fonte: Extra